BIOGRAFAR, IMAGINAR, ESCREVER: ESCRITA BIOGRÁFICA E IMAGINAÇÃO HISTÓRICA EM JOÃO MANUEL PEREIRA DA SILVA (1817-1898)

  • Rafael Terra Dall' Agnol UFRGS
Palavras-chave: História da historiografia, Historiografia brasileira, Século XIX, Imaginação Histórica, Escrita Biográfica

Resumo

Este artigo busca estudar a relação entre escrita biográfica e imaginação histórica nas obras de João Manuel Pereira da Silva, especialmente em Plutarco Brasileiro. As vinte biografias produzidas pelo historiador nesse trabalho constituem a fonte principal deste trabalho. A partir delas, é possível compreender o pensamento do autor sobre a utilização da capacidade imaginativa no trabalho historiográfico. Posteriormente, a partir das reflexões de Luiz Costa Lima, será demonstrado de que forma Pereira da Silva exerce sobre seus romances históricos um controle do imaginário a fim de orientar seus leitores para uma leitura possível de sua obra.

Publicado
28-12-2018
Como Citar
Agnol, R. (2018). BIOGRAFAR, IMAGINAR, ESCREVER: ESCRITA BIOGRÁFICA E IMAGINAÇÃO HISTÓRICA EM JOÃO MANUEL PEREIRA DA SILVA (1817-1898). Revista De Teoria Da História - Journal of Theory of History, 20(2), 152-180. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/teoria/article/view/56511