UMA BIOGRAFIA SEM NINGUÉM: REFLEXÕES ACERCA DA BIOGRAFIA GETÚLIO VARGAS: O PODER E O SORRISO (2006)

  • Marcelo Hornos Steffens UNIFAL-MG
Palavras-chave: Teoria da História, Biografia, Historiografia, Getúlio Vargas, Boris Fausto

Resumo

O presente texto discute a biografia Getúlio Vargas: o poder e o sorriso, do historiador Boris Fausto (2006). Busca-se analisar no conteúdo da biografia suas aproximações e distanciamentos em relação à historiografia, a incorporação ou não das novas discussões que envolvem a renovação da História Política e da escrita biográfica, dentre os quais, os compromissos e marcas que assinalariam as preocupações do historiador com uma narrativa mais ou menos verossímil, bem como com uma noção ampliada dos possíveis usos de escritas deste gênero, superando as limitações impostas pelas narrativas macro-históricas e pela visão estruturalista da história. Com esta análise pretende-se contribuir no aprofundamento de discussões teóricas e metodológicas sobre a utilização deste gênero de escrita na produção do conhecimento em história
Publicado
28-12-2018
Como Citar
Steffens, M. (2018). UMA BIOGRAFIA SEM NINGUÉM: REFLEXÕES ACERCA DA BIOGRAFIA GETÚLIO VARGAS: O PODER E O SORRISO (2006). Revista De Teoria Da História - Journal of Theory of History, 20(2), 71-89. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/teoria/article/view/56507