UM ESTUDO DA RELAÇÃO ENTRE A CULTURA DOS DESCOBRIMENTOS E O CONHECIMENTO ACADÊMICO NA RENASCENÇA

Autores

  • Diego Pimentel de Souza Dutra UFF

Palavras-chave:

Renascença, Conhecimento Acadêmico, Expansão Ultramarina, Cultura dos Descobrimentos, Ciência Moderna

Resumo

Nesse artigo abordaremos de que modo o processo de Expansão Ultramarina inaugurou uma nova modalidade de saber que, por sua vez, começou a ganhar espaço e, ao mesmo tempo, passou a dialogar diretamente com o conhecimento acadêmico renascentista: a Cultura dos Descobrimentos. Por meio de um estudo sobre esse campo epistemológico, buscaremos analisar de que forma se apresentavam seus postulados, métodos e teorias, a fim de compreender quais as suas principais contribuições para a eclosão da Ciência Moderna, desconstruindo, dessa forma, a visão tradicional que coloca tamanho saber como um obstáculo ao desenvolvimento do conhecimento científico moderno.

Downloads

Publicado

30-12-2014

Como Citar

Dutra, D. P. de S. (2014). UM ESTUDO DA RELAÇÃO ENTRE A CULTURA DOS DESCOBRIMENTOS E O CONHECIMENTO ACADÊMICO NA RENASCENÇA. Rth |, 12(2), 250–274. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/teoria/article/view/33444