Os projetos de escrita da história de Alfredo Ellis JR. e Sérgio Buarque de Holanda: uma guerra de ideias no mundo dos letrados de São Paulo nos anos 1930 e 1940?

  • Diogo da Silva Roiz UEMS/UFGD
Palavras-chave: autodidatismo, homens de letras, profissionalização, ofício de historiador, Alfredo Ellis Jr., Sérgio Buarque de Holanda.

Resumo

O texto procura analisar a guerra de ideias que circunscreveu os espaços de atuação dos letrados de São Paulo entre os anos 1930 e 1940, em função da alteração política e econômica do país, que deu base ao início do governo provisório de Getúlio Vargas. Pretende-se mostrar como Alfredo Ellis Jr. e Sérgio Buarque de Holanda se posicionaram diante de questões como a “temporalidade”, a “periodização”, a “verdade”, a “representação do passado” e as “regras do método histórico”.
Como Citar
Roiz, D. (1). Os projetos de escrita da história de Alfredo Ellis JR. e Sérgio Buarque de Holanda: uma guerra de ideias no mundo dos letrados de São Paulo nos anos 1930 e 1940?. Revista De Teoria Da História - Journal of Theory of History, 10(2), 10-46. https://doi.org/10.5216/rth.v10i2.29122
Seção
Dossiê: A cultura intelectual brasileira: trajetórias institucionais e intérpretes