[1]
F. Miranda, A. Albernaz, F. Gomes, e L. Garcia, “PARASITISMO POR ANCILOSTOMATÍDEOS EM CÃES (Canis familiaris) DOMICILIADOS EM CAMPOS DOS GOYTACAZES, RJ.”, CAB, vol. 9, nº 4, p. 1042-1045, dez. 2008.