Avaliação do conhecimento sobre a diversidade de peixes, crustáceos e moluscos nas águas marinhas do estado do Maranhão, costa nordeste do Brasil

  • Rayssa de Lima Cardoso Universidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Ciência e Tecnologia, Sorocaba, São Paulo, Brasil, rayssalc22@gmail.com http://orcid.org/0000-0002-6186-6866
  • Adriana do Nascimento Cavalcante Universidade Estadual do Maranhão, São Luis, Maranhão, Brasil, adrianacavalcante26@gmail.com
  • Hetty Salvino Torres Universidade Estadual do Maranhão, São Luis, Maranhão, Brasil, hettysalvino12@gmail.com
  • Karla Bittencourt Nunes Queirós Universidade Estadual do Maranhão, São Luis, Maranhão, Brasil, karlinhabio@hotmail.com
  • Cássia Fernanda Chagas Ferreira Universidade Estadual do Maranhão, São Luis, Maranhão, Brasil, cassiaferreiraoc@gmail.com
  • Raimunda Nonata Fortes Carvalho Neta Universidade Estadual do Maranhão, São Luis, Maranhão, Brasil, raifortes@gmail.com http://orcid.org/0000-0002-3519-5237

Resumo

Neste estudo objetivou-se produzir uma síntese do conhecimento sobre o número de espécies, a quantidade de especialistas e de guias de identificação de três táxons marinhos da costa maranhense: peixes, moluscos e crustáceos. Para esta pesquisa foram utilizadas métricas de classificação do estado de conhecimento: riqueza de espécies, número de espécies exóticas, quantidade de guias de identificação e especialistas. Foram pesquisadas as principais bases de dados de periódicos científicos em um período compreendido entre de 1990 e 2015. O estado de conhecimento de cada grupo taxonômico marinho variou de um a cinco, sendo cinco = muito bem conhecido e um = desconhecido. O táxon "peixe" está representado por 303 espécies e o grupo crustáceos por 205 espécies, tendo os dois um estado de conhecimento igual a três. O grupo de moluscos contabilizou 81 espécies, sendo classificado como dois na escala de estado de conhecimento. O número de espécies marinhas registradas ressalta a importância de políticas públicas e incentivos nacionais que visem o aumento de estudos na área de diversidade, tanto para o desenvolvimento de medidas de conservação e manutenção biológica, como para o conhecimento dos recursos naturais da região.
Palavras-chave: Biodiversidade; Espécies; Estado de conhecimento; Maranhão

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rayssa de Lima Cardoso, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Instituto de Ciência e Tecnologia, Sorocaba, São Paulo, Brasil, rayssalc22@gmail.com
Adriana do Nascimento Cavalcante, Universidade Estadual do Maranhão, São Luis, Maranhão, Brasil, adrianacavalcante26@gmail.com
Hetty Salvino Torres, Universidade Estadual do Maranhão, São Luis, Maranhão, Brasil, hettysalvino12@gmail.com
Karla Bittencourt Nunes Queirós, Universidade Estadual do Maranhão, São Luis, Maranhão, Brasil, karlinhabio@hotmail.com
Cássia Fernanda Chagas Ferreira, Universidade Estadual do Maranhão, São Luis, Maranhão, Brasil, cassiaferreiraoc@gmail.com
Raimunda Nonata Fortes Carvalho Neta, Universidade Estadual do Maranhão, São Luis, Maranhão, Brasil, raifortes@gmail.com
Publicado
20-10-2018
Como Citar
de Lima Cardoso, R., do Nascimento Cavalcante, A., Salvino Torres, H., Bittencourt Nunes Queirós, K., Fernanda Chagas Ferreira, C., & Nonata Fortes Carvalho Neta, R. (2018). Avaliação do conhecimento sobre a diversidade de peixes, crustáceos e moluscos nas águas marinhas do estado do Maranhão, costa nordeste do Brasil. Ciência Animal Brasileira, 19, 1-12. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/e-49880
Seção
RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA