AVALIAÇÃO DO PERÍODO PERIPARTO POR PARÂMETROS CLÍNICOS E HEMATOLÓGICOS EM CABRAS LEITEIRAS

Palavras-chave: caprinos, exame físico, exames laboratoriais, gestação, lactação

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do período de periparto sobre os parâmetros clínicos e hematológicos de cabras adultas. Utilizou-se animais da raça Saanen e Parda Alpina, sendo 24 nos tempos: T-15 (quinze dias antes do parto), T0 (imediatamente após o parto), T2 (dois dias após o parto), T5 (cinco dias após o parto), T10 (dez dias após o parto), T15 (quinze dias após o parto) e T30 (trinta dias após o parto) e 10 animais como grupo controle (mesma raça, não gestantes e não lactantes). Como principais achados físicos, observou-se que a frequência cardíaca (FC) dos animais é normalmente mais elevada no pré-parto e parto, caindo ao longo do tempo de lactação. A frequência respiratória (FR) dos animais avaliados é mais elevada em relação aos animais controle, com o pico acontecendo no T-15. Na avaliação das principais observações no hemograma, observam-se valores mais baixos para hemoglobina no T-15 em relação ao grupo controle, e uma redução da toda série vermelha no T15. Houve uma elevação do número de leucócitos por neutrofilia com linfopenia em T0 e a leucocitose com neutrofilia se manteve ao longo da fase observacional. Valores de proteínas mais baixos foram observados em T-15 e T0, aumentando posteriormente. A variável fibrinogênio apresentou o maior valor em T0. Conclui-se que os parâmetros físicos e hematimétricos são úteis para detecção das variações que ocorrem no periparto. Tais achados, associados ao leucograma de estresse e aumento da taxa metabólica basal, encontrado nesta mesma fase, corroboram com o momento de fragilidade fisiológica na qual a cabra se encontra. Assim, cuidados no manejo relacionados ao conforto térmico e atendimento às exigências nutricionais são fundamentais a fim de se evitar mais desequilíbrios orgânicos decorrentes de fatores externos que podem vir a comprometer a saúde do caprino e posterior desempenho produtivo.
Palavras-chave: período de transição, exame físico, hemograma, prenhez, lactação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dyego Pimenta Oliveira, Universidade Federal de Viçosa
Departamento de Veterinária, Patologia Clínica Veteriária
Domingos Cachineiro Rodrigues Dias, Universidade Federal de Viçosa

Departamento de Veterinária, Clínica Médica de Grande Animais, Doutorando

Micheline Ozana Silva, Universidade Federal de Viçosa
Departamento de Veterinária, Doutoranda
Athina Chaves Donner, Universidade Federal de Viçosa
Departamento de Veterinária
José Dantas Ribeiro Filho, Departamento de Veterinária
Professor Associado do Departamento de Veterinária da Universidade Federal de Viçosa. Professor e Pesquisador nas áreas de Clínica Médica de Equinos e Patologia Clínica Veterinária.
Leandro Abreu Fonseca, Universidade Federal de Viçosa
Professor Adjunto do Departamento de Veterinária da Universidade Federal de Viçosa (UFV). Professor e pesquisador na área de Patologia Clínica Veterinária, com ênfase em hematologia, bioquímica clínica e urinálise e parasitologia de animais domésticos e silvestres.
Samuel Rodrigues Alves, Universidade Federal de Viçosa
Departamento de Veterinária, Mestrando
Pedro Ancelmo Nunes Ermita, Universidade Federal de Viçosa
Departamento de Veterinária, Doutor
Publicado
18-01-2019
Como Citar
Oliveira, D., Dias, D., Silva, M., Donner, A., Ribeiro Filho, J., Fonseca, L., Alves, S., & Ermita, P. (2019). AVALIAÇÃO DO PERÍODO PERIPARTO POR PARÂMETROS CLÍNICOS E HEMATOLÓGICOS EM CABRAS LEITEIRAS. Ciência Animal Brasileira, 20(1), 1-12. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/e-37548
Seção
MEDICINA VETERINÁRIA