Características da carcaça e qualidade da carne em ovelhas de descarte de diferentes idades

  • Geisa Isilda Ferreira Esteves Universidade de Brasília http://orcid.org/0000-0001-5988-2480
  • Vanessa Peripolli Instituto Federal Catarinense, Araquari, Santa Catarina, Brasil, vanessa.peripolli@hotmail.com http://orcid.org/0000-0002-0463-4727
  • Adriana Morato de Menezes Universidade de Brasília, Brasília, Distrito Federal, Brasil, adriana_agro@yahoo.com.br http://orcid.org/0000-0002-4315-3117
  • Helder Louvandini Universidade de São Paulo, Centro de Energia Nuclear na Agricultura, Laboratório de Nutrição Animal, Piracicaba, São Paulo, Brasil, louvandini@cena.usp.br
  • Alessandra Ferreira Silva Universidade de Brasília, Brasília, Distrito Federal, Brasil, veterinariale@hotmail.com
  • Caio Cesar Cardoso Universidade de Brasília, Brasília, Distrito Federal, Brasil, cajug29@gmail.com
  • Concepta Margaret McManus Pimentel Universidade de Brasília, Brasília, Distrito Federal, Brasil, concepta@unb.br http://orcid.org/0000-0002-1106-8962

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade da carcaça em 74 ovelhas Santa Inês deslanadas com idades entre 6 a 48 meses. O abate ocorreu após jejum e eletrochoque, seguido de dissecção das veias jugulares e artérias carótidas. As avaliações realizadas foram peso de carcaça quente, rendimento de carcaça quente, comprimento de carcaça, espessura da pele, pesos e percentagens de ombro, pescoço, lombo, fralda, costelas e pernil e comprimento e perímetro do pernil. A área de olho de lombo, a cor usando o sistema CIELAB, a força de cisalhamento e a perda por cocção também foram avaliados. Os dados foram submetidos às análises de variância, regressões, correlações e de componentes principais utilizando o pacote estatístico SAS. O peso de carcaça quente foi 15,75 kg e o rendimento de carcaça foi de 43,65%. Os animais mais jovens apresentaram maior rendimento de pernil enquanto os rendimentos de lombo e ombro aumentaram com a idade. A carne foi mais escura em animais mais velhos. Com o aumento da idade, ocorreu redução na quantidade dos cortes comerciais e aumento das perdas de características de qualidade como cor, perda por cocção e força de cisalhamento; portanto, o abate deve ser realizado antes de 30 meses de idade. 
Palavras-chave: maciez; ovinos; peso de abate; rendimento de carcaça. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geisa Isilda Ferreira Esteves, Universidade de Brasília
Vanessa Peripolli, Instituto Federal Catarinense, Araquari, Santa Catarina, Brasil, vanessa.peripolli@hotmail.com
Adriana Morato de Menezes, Universidade de Brasília, Brasília, Distrito Federal, Brasil, adriana_agro@yahoo.com.br
Helder Louvandini, Universidade de São Paulo, Centro de Energia Nuclear na Agricultura, Laboratório de Nutrição Animal, Piracicaba, São Paulo, Brasil, louvandini@cena.usp.br
Alessandra Ferreira Silva, Universidade de Brasília, Brasília, Distrito Federal, Brasil, veterinariale@hotmail.com
Caio Cesar Cardoso, Universidade de Brasília, Brasília, Distrito Federal, Brasil, cajug29@gmail.com
Concepta Margaret McManus Pimentel, Universidade de Brasília, Brasília, Distrito Federal, Brasil, concepta@unb.br
Publicado
05-06-2018
Como Citar
Ferreira Esteves, G. I., Peripolli, V., Morato de Menezes, A., Louvandini, H., Ferreira Silva, A., Cesar Cardoso, C., & Margaret McManus Pimentel, C. (2018). Características da carcaça e qualidade da carne em ovelhas de descarte de diferentes idades. Ciência Animal Brasileira, 19, 1-11. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/e-33874
Seção
ZOOTECNIA