MATURAÇÃO NUCLEAR IN VITRO E MORTE CELULAR POR APOPTOSE EM OÓCITOS DE CAPRINOS NOS PERÍODOS SECO E CHUVOSO

Autores

  • Ricardo de Macêdo Chaves Universidade Estadual do Maranhão
  • Filipe Queiros Gondim Bezerra
  • Paulo Fernandes de Lima UFRPE
  • Marcelo Cavalcanti Rabelo
  • Fabíola Paula-Lopes UFSP
  • Marcos Antônio L. de Oliveira UFRPE

Palavras-chave:

Apoptose, Complexos cumulus oophorus, Folículos, Caspases, teste TUNEL

Resumo

Este estudo teve como objetivo determinar a maturação nuclear in vitro e a morte celular por apoptose em oócitos caprinos. Os ovários de cabras foram coletados nos períodos seco (outubro a março) e chuvoso (abril a setembro), em abatedouros, e transportados ao Laboratório de Biotécnicas da Reprodução da UFRPE. Foram realizadas 12 repetições e os complexos cumulus oophorus foram colhidos de folículos entre 2 a 6 mm de diâmetro pela técnica de “slicing” e selecionados com base na morfologia. O experimento continha dois grupos: Grupo-1 (não maturados), avaliados logo após a colheita, e Grupo-2 (maturados in vitro), avaliados após a maturação de 24 horas em incubadora de CO2, na qual 25 oócitos foram colocados por gota em meio básico de maturação (MBM). Após a coleta dos oócitos do G-1 e G-2, foi determinada a qualidade, por meio dos testes de atividade das enzimas caspases e o de fragmentação de DNA (TUNEL), com reagente PhiPhiLux-G1D2, sendo que no grupo G-2 a qualidade só foi determinada após maturação nuclear. Avaliou-se durante os estádios de maturação nuclear as fases de vesícula germinativa, rompimento da vesícula germinativa, metáfase I e II, não havendo diferença significativa (P > 0,05). Também não foi encontrada diferença significativa (P > 0,05) na atividade das enzimas caspases e na fragmentação do DNA dos oócitos não maturados e maturados in vitro. Com base nos dados obtidos, concluí-se que os períodos seco e chuvoso não exercem influência na maturação nuclear in vitro e na apoptose de oócitos da espécie caprina.

PALAVRAS-CHAVE: apoptose; caspases; complexos cumulus oophorus; folículos; teste TUNEL.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo de Macêdo Chaves, Universidade Estadual do Maranhão

Centro de Ciências agrárias, Departamento de Clínica, Professor Assistente II da UEMA. Doutor em Ciência Veterinária PELA UFRPE.

Filipe Queiros Gondim Bezerra

Médico Veterinário, Doutor em Medicina Veterinária pela UFRPE

Paulo Fernandes de Lima, UFRPE

Médico Veterinário, Prof. Doutor do Dep. de Med. Vet. da UFRPE

Marcelo Cavalcanti Rabelo

Médico Veterinário, Doutor em Medicina Veterinária pela UFRPE

Fabíola Paula-Lopes, UFSP

Professora Doutora do Dep. de Ciências Biológicas da UFSP

Marcos Antônio L. de Oliveira, UFRPE

Médico Veterinário, Prof. Doutor do Dep. de Med. Vet. da UFRPE

Downloads

Publicado

2011-12-20

Como Citar

CHAVES, R. de M.; BEZERRA, F. Q. G.; LIMA, P. F. de; RABELO, M. C.; PAULA-LOPES, F.; OLIVEIRA, M. A. L. de. MATURAÇÃO NUCLEAR IN VITRO E MORTE CELULAR POR APOPTOSE EM OÓCITOS DE CAPRINOS NOS PERÍODOS SECO E CHUVOSO. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 12, n. 4, p. 593–601, 2011. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/9187. Acesso em: 18 maio. 2022.

Edição

Seção

Produção Animal