CONSUMO E DIGESTIBILIDADE DOS NUTRIENTES E DESEMPENHO DE BOVINOS DE CORTE RECEBENDO DIETAS COM DIFERENTES NÍVEIS DE URÉIA

  • Odilon Gomes Pereira Universidade Federal de Viçosa
  • Viviane Glaucia de Souza
  • Sebastião de Campos Valadares Filho Universidade Federal de Viçosa
  • Dalton Henrique Pereira Universidade Federal de Viçosa
  • Karina Guimarães Ribeiro Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucurí
  • Paulo Roberto Cecon Universidade Federal de Viçosa
Palavras-chave: Produção de bovinos

Resumo

Avaliaram-se o consumo e a digestibilidade aparente dos nutrientes, o ganho de peso, a conversão alimentar e o rendimento de carcaça em bovinos de corte recebendo dietas contendo 0%; 0,5%; 1,0% e 1,5% de uréia na matéria seca total. Foram utilizados 24 animais mestiços Holandês x Zebu (HxZ), castrados, com peso vivo inicial médio de 290 kg, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado. Utilizou-se a silagem de sorgo como volumoso numa relação volumoso:concentrado de 70:30, com base na matéria seca. Para determinação da excreção fecal, utilizou-se a fibra em detergente ácido indigestível como indicador. O consumo e a digestibilidade dos nutrientes não foram influenciados (P>0,05) pelos níveis de uréia na dieta. Para o consumo e a digestibilidade aparente da matéria seca, verificaram-se valores médios de 8,42 kg/dia ou 2,33% do PV e 64,52%, respectivamente. O ganho médio diário (1,05kg), a conversão alimentar (8,07) e o rendimento de carcaça (48,72%) também não foram influenciados (P>0,05) pelos níveis de uréia na dieta. Níveis de até 1,5% de uréia na matéria seca da dieta total podem ser utilizados nas formulações de dietas para terminação de bovinos de corte (HxZ), sem comprometimento do consumo e digestibilidade dos nutrientes, bem como do desempenho animal

PALAVRAS-CHAVES: Confinamento, conversão alimentar, rendimento de carcaça, silagem de sorgo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Odilon Gomes Pereira, Universidade Federal de Viçosa
Professor Associado do Departamento de Zootecnia da UFV, bolsista do CNPq
Viviane Glaucia de Souza
Doutora em Zootecnia/UFV
Sebastião de Campos Valadares Filho, Universidade Federal de Viçosa
Professor Titular do Departamento de Zootecnia da UFV, bolsita do CNPq
Dalton Henrique Pereira, Universidade Federal de Viçosa
Doutorando do Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Viçosa. Bolsista do CNPq
Karina Guimarães Ribeiro, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucurí
Professora Adjunta do Departamento de Zootecnia da UFVJM
Paulo Roberto Cecon, Universidade Federal de Viçosa
Professor do Departamento de Informática da UFV
Publicado
14-10-2008
Como Citar
Pereira, O., de Souza, V., Valadares Filho, S., Pereira, D., Ribeiro, K., & Cecon, P. (2008). CONSUMO E DIGESTIBILIDADE DOS NUTRIENTES E DESEMPENHO DE BOVINOS DE CORTE RECEBENDO DIETAS COM DIFERENTES NÍVEIS DE URÉIA. Ciência Animal Brasileira, 9(3), 552-562. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/643
Seção
Produção Animal