INFECÇÃO EXPERIMENTAL EM CAPRINOS COM Trypanosoma vivax

  • Jael Soares Batista Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Andréia Freitas de Oliveira Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Elba Fonseca Barbosa Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Felipe Farias Pereira da Câmara Barros Universidade Federal Rural do Semi-Árido
  • Francisco David Nascimento Sousa Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Palavras-chave: Sanidade Animal

Resumo

Quatro caprinos foram infectados experimentalmente por via intravenosa com 1,0 ml de sangue contendo aproximadamente 1,25 x 105 tripanossomas/ml, utilizando-se um isolado de Trypanosoma vivax de bovinos infectados naturalmente no município de Catolé do Rocha, Paraíba. A parasitemia e a temperatura foram determinadas diariamente durante quarenta dias. A cada cinco dias realizaram-se coletas de sangue para hemograma e análise bioquímica sérica. Antes do óbito de cada animal procedeu-se à coleta de líquido cefalorraquidiano para avaliação bioquímica e pesquisa da presença do parasita. Nos animais do grupo infectado registrou-se correlação positiva entre a temperatura retal e a parasitemia. Os animais apresentaram anemia, leucopenia, hipoglicemia, redução das proteínas totais e colesterol, além de sintomatologia nervosa. A avaliação do líquor revelou diminuição dos níveis de glicose, aumento da enzima lactato desidrogenase, aumento da celularidade e presença do tripanossomo. As lesões macroscópicas encontradas à necropsia foram palidez da carcaça, aumento generalizado dos linfonodos, edema pulmonar e acúmulo de líquido no saco pericárdico. As lesões histológicas foram pneumonia intersticial, edema pulmonar, miocardite e fibrose cardíaca, meningite e encefalite. As alterações clínicas, hematológicas, bioquímicas e anátomo-patológicas confirmaram a patogenicidade da cepa de T. vivax.

PALAVRAS-CHAVES: Infecção experimental, tripanosomose, patogenicidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jael Soares Batista, Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Professor Adjunto, Departamento de Ciências Animais, UFERSA
Andréia Freitas de Oliveira, Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Médica Veterinária, Mestranda em Ciência Animal, UFERSA
Elba Fonseca Barbosa, Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Aluno do curso de Graduação em Medicina Veterinária, UFERSA
Felipe Farias Pereira da Câmara Barros, Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Aluno do curso de Graduação em Medicina Veterinária, UFERSA
Francisco David Nascimento Sousa, Universidade Federal Rural do Semi-Árido
Aluno do curso de Graduação em Medicina Veterinária, Bolsista de Iniciação Científica – CNPq, UFERSA
Publicado
15-10-2008
Como Citar
Soares Batista, J., Freitas de Oliveira, A., Fonseca Barbosa, E., Farias Pereira da Câmara Barros, F., & Nascimento Sousa, F. D. (2008). INFECÇÃO EXPERIMENTAL EM CAPRINOS COM Trypanosoma vivax. Ciência Animal Brasileira, 9(3), 673-685. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/544
Seção
Medicina Veterinária