EFEITO DA IDADE SOBRE AS PERDAS ENDÓGENAS E METABÓLICAS DE FRANGOS DE CORTE INDUSTRIAL E CAIPIRA

  • Edney Pereira da Silva Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho
  • Carlos Bôa-Viagem Rabello Universidade Federeal Rural de Pernambuco
  • Michele Bernardino de Lima Universidade Federeal Rural de Pernambuco
  • Stélio Bezerra Pinheiro de Lima Universidade Federal do Piauí
  • Rodrigo Barbosa Lima Universidade Federal da Paraíba
  • Tayara Soares de Lima Universidade Federeal Rural de Pernambuco
Palavras-chave: aves em jejum, método de coleta total, energia fecal metabólica, energia urinária endógena.

Resumo

O objetivo deste estudo foi determinar as perdas endógenas e metabólicas em frangos de corte industrial e caipira em diferentes idades. No primeiro experimento, utilizaram-se 140 pintos de corte industrial, distribuídos num delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e cinco repetições. No segundo experimento, foram utilizadas 120 aves de sexo misto, da linhagem caipira Embrapa 041, submetidos a três tratamentos e cinco repetições distribuídas num mesmo delineamento. Em ambos os experimentos os tratamentos tiveram como parâmetro as idades médias das aves. Para o experimento 1 as idades foram 5, 15, 25 e 35 dias de nascimento; para o experimento 2 as idades médias adotadas foram 15, 45 e 75 dias de nascimento. O período experimental foi de 72 horas de jejum, sendo as primeiras 24 horas para limpeza do trato digestivo e as últimas 48 horas de coleta total das perdas endógenas e metabólicas. Foram determinados os teores de matéria seca, nitrogênio e energia bruta das perdas endógenas e metabólicas das aves. Ao se relacionarem as perdas, por ave e peso da ave, diferentes interpretações foram obtidas para a mesma variável. As equações obtidas para os frangos industrial e caipira revelaram que essas aves tiveram comportamentos diferentes na excreção fecal metabólica e urinária endógena. As perdas diminuíram com o avanço da idade.

PALAVRAS-CHAVES: Aves em jejum, método de coleta total, energia fecal metabólica, energia urinária endógena.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edney Pereira da Silva, Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho

Doutorando em Zootecnia - UNESP/Campus Jaboticabal.

Carlos Bôa-Viagem Rabello, Universidade Federeal Rural de Pernambuco
Professor Adjunto, Departamento de Zootecnia, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Rua Dom Manoel de Medeiros, s/n, 52171-900, Dois Irmãos, Recife, Pernambuco, Brasil. Bolsista de Produtividade do CNPq.
Michele Bernardino de Lima, Universidade Federeal Rural de Pernambuco

Aluna de graduação em Zootecnia, bolsista do PIBIC/CNPq, DZ/UFRPE.

Stélio Bezerra Pinheiro de Lima, Universidade Federal do Piauí

Aluno do Programa de Doutorado Integrado em Zootecnia – PDIZ/UFRPE, Professor da UFPI, Campus Cinobelina Elvas.

Rodrigo Barbosa Lima, Universidade Federal da Paraíba

Aluno do Programa de Doutorado Integrado em Zootecnia PDIZ-UFPB.

Tayara Soares de Lima, Universidade Federeal Rural de Pernambuco
Aluna de graduação em Zootecnia, bolsista do PET/MEC/SESu/DZ/UFRPE.
Publicado
31-03-2011
Como Citar
Silva, E. P. da, Rabello, C. B.-V., Lima, M. B. de, Lima, S. B. P. de, Lima, R. B., & Lima, T. S. de. (2011). EFEITO DA IDADE SOBRE AS PERDAS ENDÓGENAS E METABÓLICAS DE FRANGOS DE CORTE INDUSTRIAL E CAIPIRA. Ciência Animal Brasileira, 12(1), 37 - 47. https://doi.org/10.5216/cab.v12i1.5096
Seção
Produção Animal