DIGESTIBILIDADE E PALATABILIDADE DE DIETAS COM EXTRATO DE PRÓPOLIS PARA CÃES

Resumo

O objetivo do estudo foi avaliar o efeito da inclusão de extrato de própolis na digestibilidade e na palatabilidade de dietas para cães. Foram realizados dois experimentos, sendo o primeiro constituído por um ensaio de digestibilidade, com a inclusão de diferentes extratos de própolis (FT0,55, FT0,59, FT2,59, FT2,11). Com base nos resultados do primeiro ensaio, foi definido o extrato FT0,59 a ser utilizado nos demais experimentos, misturado em crescentes níveis à dieta, resultando em outras concentrações de apiginina. Ambos os ensaios de digestibilidade utilizaram dez cães da raça Beagles, os quais foram alojados em gaiolas metabólicas. A palatabilidade foi avaliada pela preferência alimentar e pela primeira escolha, sendo utilizados 20 cães de quatro diferentes raças. No primeiro ensaio de digestibilidade, somente a inclusão do extrato de própolis FT2,11 diminuiu o valor do coeficiente de digestibilidade aparente (CDA) da matéria seca (MS). Já no segundo ensaio, a inclusão crescente do extrato de própolis FT0,79 melhorou linearmente os CDA da proteína bruta (PB), extrato etéreo em hidrólise ácida (EEA), extrativos não nitrogenados (ENN), MS e energia metabolizável (EM) das dietas. A inclusão de extrato de própolis favoreceu a palatabilidade da dieta. Os flavonoides podem ser adicionados na dieta de cães como nutracêuticos em concentrações menores do que 2,11mg/kg de MS da dieta, sem alterar a digestibilidade.
Palavras-chave: preferência alimentar, própolis, nutrição de cães.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
26-04-2019
Como Citar
Montaño Rivera, N., Risolia, L., Sabchuk, T., Félix, A., Maiorka, A., & Scapinello, C. (2019). DIGESTIBILIDADE E PALATABILIDADE DE DIETAS COM EXTRATO DE PRÓPOLIS PARA CÃES. Ciência Animal Brasileira, 20(1), 1-9. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/47503
Seção
ZOOTECNIA