CONTAGEM AUTOMÁTICA E MICROSCÓPICA DIRETA DAS CÉLULAS SOMÁTICAS DO LEITE DE OVELHAS DA RAÇA LACAUNE, UTILIZANDO COMO CORANTES O ROSENFELD E VERDE DE METIL E PIRONINA-Y

Autores

  • Viviani Gomes Faculdade de Medicina Veterinária - Anhanguera Educacional - Unidade Leme
  • Ana Lígia Amato Faculdade de Medicina Veterinária - Universidade Paulista - UNIP
  • Gabriela Carla T.G. Ponte Faculdade de Medicina Veterinária - Universidade Paulista - UNIP
  • Maiara Blagitz Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - Universidade de São Paulo - FMVZ/USP
  • Karina Medici Madureira Faculdade de Medicina Veterinária - Centro Universitário Anhanguera - Unidade Leme
  • Alice Maria Melville Paiva Della Libera Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - Universidade de São Paulo - FMVZ/USP

Palavras-chave:

ovelha, Lacaune, leite, células somáticas, citologia.

Resumo

O presente estudo teve como objetivo a análise da celularidade, a comparação dos diferentes métodos de contagem celular e a quantificação dos diferentes tipos celulares presentes no leite de ovelha da raça Lacaune através da contagem de células somáticas (CCS) automática e da CCS microscópica. Coraram-se os esfregaços lácteos com os corantes verde de metil e pironina-Y e Rosenfeld. O valor mediano da contagem celular automática foi de 0,145 x106 células/mL de leite, e os valores das contagens microscópicas diretas utilizando verde de metil e pironina-Y e Rosenfeld foram respectivamente de 0,157 e 0,193 x106 células/mL de leite. Avaliaram-se as amostras destinadas às contagens microscópicas diretas de acordo com os diferentes tipos celulares, encontrando-se os valores de 0,094 e 0,14 x106 células mononucleares/mL, 0,063 e 0,051 x106 células polimorfonuclares/mL de leite na coloração de verde de metil e pironina-Y e Rosenfeld, respectivamente. Portanto, pode-se concluir que houve diferenças entre os métodos de contagem celular. Com o corante verde de metil e pironina-Y e a contagem automática, o número de células encontrado foi inferior, quando comparados com a microscopia direta utilizando o corante de Rosenfeld.

PALAVRAS-CHAVES: Células somáticas e citologia, Lacaune, leite, ovelha.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviani Gomes, Faculdade de Medicina Veterinária - Anhanguera Educacional - Unidade Leme

Doutora pelo Departamento de Clínica Médica - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - FMVZ/USP

Ana Lígia Amato, Faculdade de Medicina Veterinária - Universidade Paulista - UNIP

Discente da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Paulista - UNIP

Gabriela Carla T.G. Ponte, Faculdade de Medicina Veterinária - Universidade Paulista - UNIP

Discente da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Paulista - UNIP

Maiara Blagitz, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - Universidade de São Paulo - FMVZ/USP

Doutoranda pelo Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo - FMVZ/USP.

Karina Medici Madureira, Faculdade de Medicina Veterinária - Centro Universitário Anhanguera - Unidade Leme

Doutoranda do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - FMVZ/USP.

Alice Maria Melville Paiva Della Libera, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia - Universidade de São Paulo - FMVZ/USP

Docente da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo - FMVZ/USP

Downloads

Publicado

01-04-2010

Como Citar

Gomes, V., Amato, A. L., T.G. Ponte, G. C., Blagitz, M., Madureira, K. M., & Della Libera, A. M. M. P. (2010). CONTAGEM AUTOMÁTICA E MICROSCÓPICA DIRETA DAS CÉLULAS SOMÁTICAS DO LEITE DE OVELHAS DA RAÇA LACAUNE, UTILIZANDO COMO CORANTES O ROSENFELD E VERDE DE METIL E PIRONINA-Y. Ciência Animal Brasileira, 11(1), 162–167. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/4627

Edição

Seção

Medicina Veterinária