SINCRONIZAÇÃO DE ESTRO COM PROSTAGLANDINA F2? versus PROGESTÁGENO ASSOCIADO À GONADOTROFINA CORIÔNICA EQUINA (eCG) EM OVELHAS SANTA INÊS NO DISTRITO FEDERAL, BRASIL

  • Bianca Damiani Marques Silva Universidade de Brasília
  • Roberto Sartori Embrapa Cenargen
  • Thiago Antonio de Souza Nascimento Silva Universidade de Brasília
  • Déborah Mendes Máximo Cardozo Universiade de Brasília
  • Marcos Antonio Lemos de Oliveira Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Jairo Pereira Neves Universidade de Brasília
Palavras-chave: Reprodução animal

Resumo

Este estudo teve por objetivo comparar o uso de um análogo da PGF2? à associação de progestágeno (MAP) com gonadotrofina coriônica equina (eCG) na sincronização do estro em ovelhas da raça Santa Inês. Foram utilizadas 38 fêmeas ovinas submetidas a dois protocolos de sincronização de estro, com os seguintes protocolos: PGF2? (duas doses de 0,53 mg de D-cloprostenol com nove dias de intervalo) e protocolo MAP+eCG (pessário intravaginal com 50 mg de acetato de medroxiprogesterona por doze dias e no momento da remoção do dispositivo aplicação de 250 UI de eCG, IM). Submeteram-se as ovelhas aos diferentes protocolos, com intervalo de dois ciclos estrais. Procedeu-se a uma ultrassonografia transretal no último dia do protocolo, para avaliação do diâmetro do maior e do segundo maior folículo, e à coleta de sangue no dia sete do ciclo estral, para avaliação da concentração sérica de P4. Exame laparoscópico foi realizado no dia 11, após o fim dos protocolos, para contagem de corpos lúteos. Para os parâmetros taxa de sincronização, diâmetro do maior e do segundo maior folículo, período do final do protocolo ao estro e taxa de ovulação, não se observaram diferenças entre os mesmos. Foi observado que o protocolo MAP+eCG produziu concentrações séricas de P4 maiores do que o protocolo PGF2? (3,9 e 2,8 ng/mL, respectivamente, P<0,05). Nas condições do presente estudo, embora o protocolo MAP+eCG tenha apresentado superioridade em relação à concentração sérica de P4, o protocolo PGF2? foi tão eficiente quanto aquele em sincronizar o estro.

PALAVRAS-CHAVES: Diâmetro folicular, ovino, progesterona sérica, taxa de sincronização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bianca Damiani Marques Silva, Universidade de Brasília
Mestrado em Ciências Animais pela Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da UnB
Publicado
23-06-2010
Como Citar
Silva, B. D. M., Sartori, R., Silva, T. A. de S. N., Cardozo, D. M. M., Oliveira, M. A. L. de, & Neves, J. P. (2010). SINCRONIZAÇÃO DE ESTRO COM PROSTAGLANDINA F2? versus PROGESTÁGENO ASSOCIADO À GONADOTROFINA CORIÔNICA EQUINA (eCG) EM OVELHAS SANTA INÊS NO DISTRITO FEDERAL, BRASIL. Ciência Animal Brasileira, 11(2), 417-424. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/4284
Seção
Medicina Veterinária