DESEMPENHO DE BOVINOS LEITEIROS EM FASE DE CRESCIMENTO ALIMENTADOS COM FARELO DE GIRASSOL

  • José Américo Soares Garcia,
  • Paulo de Figueiredo Vieira
  • Paulo Roberto Cecon
  • Mara Cristina Setti
  • Concepta Mcmanus
  • Helder Louvandini

Resumo

O experimento foi realizado para se estudarem os efeitos da inclusão de níveis crescentes de farelo de girassol (0%, 15%, 30% e 45%) em substituição ao farelo de soja no concentrado utilizado para bovinos da raça Holandesa em fase de crescimento, sobre os consumos de matéria seca (MS), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), extrato não nitrogenado (ENN), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA) e matéria mineral (MM), e sobre ganhos de peso. Utilizaram-se, em blocos casualizados, 24 bovinos de treze meses de idade média inicial e peso médio inicial de 194 kg. Os consumos obtidos durante os 84 dias experimentais, expressos em gramas por unidade de tamanho metabólico, de MS, PB, ENN e MM, não foram influenciados pelos níveis de inclusão do farelo de girassol. Contudo, houve redução linear no consumo de EE e aumento linear nos consumos de FDN e FDA com o acréscimo do farelo de girassol na dieta. Não houve efeito dos níveis de inclusão do farelo de girassol sobre o ganho de peso. Concluiu-se que o farelo de girassol, até o nível de 45% de inclusão no concentrado, poderá ser utilizado com eficiência na dieta de bovinos leiteiros em fase de crescimento. PALAVRAS-CHAVE: Concentrados, consumo de alimento, desempenho, silagem de milho.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
01-11-2006
Como Citar
Garcia, J., Vieira, P., Cecon, P., Setti, M., Mcmanus, C., & Louvandini, H. (2006). DESEMPENHO DE BOVINOS LEITEIROS EM FASE DE CRESCIMENTO ALIMENTADOS COM FARELO DE GIRASSOL. Ciência Animal Brasileira, 7(3), 223-233. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/417
Seção
Produção Animal