PREVALÊNCIA E FATORES ASSOCIADOS À INFECÇÃO POR LENTIVÍRUS DE PEQUENOS RUMINANTES EM CAPRINOS NO ESTADO DO TOCANTINS

Autores

  • Pedro Alves Moura Sobrinho UNITINS
  • Taciana Rabelo Ramalho Ramos UNITINS
  • Cláudio Henrique clemente Fernandes UNITINS
  • Ana Claudia Campos UFRPE
  • Luciana Menezes Costa Autônoma
  • Roberto Soares Castro UFRPE

Palavras-chave:

CAEV, microimunodifusão, epidemiologia

Resumo

Objetivando estimar a prevalência de caprinos soror­reagentes aos lentivírus de pequenos ruminantes (LVPR), através de uma amostragem não probabilística em rebanhos no Estado do Tocantins, analisaram-se 843 amostras de soros, mediante a utilização do teste de imunodifusão em gel de agarose (MICRO-IDGA) para a detecção de anticorpos anti-LVPR, sendo verificada uma frequência de animais sororreagentes de 2,7% (23/843). Identificaram-se cinco focos: dois no município de Araguaína e um em cada um desses municípios: Babaçulândia, Filadélfia e Miracema do Tocantins. De acordo com a região, os resultados foram os seguintes: 10,0% (20/200) e 1,4% (3/207) para as microrregiões Norte e Miracema, respectivamente. Entre as raças, a Saanen se apresentou com o maior percentual de animais sororreagentes, 11,7% (7/60). Para os animais sem raça definida, o percentual foi de 0,6% (2/310), e para a Anglo-Nubiana, de 3,0% (14/466). De acordo com a idade, os animais com idade inferior e superior a 24 meses apresentaram 1,9% (6/314) 3,2% (17/529), respectivamente. Os machos apresentaram 2,4% (4/166) de positivos e as fêmeas 2,8% (19/677). Os resultados indicam que os LVPR ocorrem com baixa prevalência no Estado do Tocantins, afetando principalmente animais da raça Saanen e da região norte.

PALAVRAS-CHAVES: Brasil, CAEV, epidemiologia, microimunodifusão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Alves Moura Sobrinho, UNITINS

Doutor em Ciência Veterinária, Pesquisador, Fundação Universidade do Tocantins (UNITINSAGRO). Quadra 108 Sul, alameda 11, lote 03, Palmas-TO, CEP: 77020 122. E-mail: pedro.am@unitins.br

Taciana Rabelo Ramalho Ramos, UNITINS

Pesquisadora, Fundação Universidade do Tocantins (UNITINSAGRO), sanidade animal.

Cláudio Henrique clemente Fernandes, UNITINS

Pesquisador, Fundação Universidade do Tocantins (UNITINSAGRO), sanidade animal.

Ana Claudia Campos, UFRPE

Doutoranda na área de virologia, UFRPE

Luciana Menezes Costa, Autônoma

Médica Veterinária autônoma

Roberto Soares Castro, UFRPE

Professor Adjunto Departamento de Medicina Veterinária Universidade Federal Rural de Pernambuco.

Publicado

01-04-2010

Como Citar

Moura Sobrinho, P. A., Ramos, T. R. R., Fernandes, C. H. clemente, Campos, A. C., Costa, L. M., & Castro, R. S. (2010). PREVALÊNCIA E FATORES ASSOCIADOS À INFECÇÃO POR LENTIVÍRUS DE PEQUENOS RUMINANTES EM CAPRINOS NO ESTADO DO TOCANTINS. Ciência Animal Brasileira, 11(1), 117–124. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/3957

Edição

Seção

Medicina Veterinária