CARACTERIZAÇÃO BIOQUÍMICA DO PRODUTO DE EXCREÇÃO/ SECREÇÃO DE LARVAS DE Cochliomyia hominivorax (DIPTERA: CALLIPHORIDAE)

Autores

  • Denise Gonçalves Teixeira Universidade Federal de Goiás
  • Lígia Miranda Ferreira Borges Departamento de Microbiologia, Imunologia, Parasitologia e Patologia - Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - Universidade Federal de Goiás
  • Thiago de Araújo Mastrângelo Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética - Universidade Estadual de Campinas ( Unicamp )
  • Valdirene Neves Monteiro Unidade Universitária de Ciências Exatas e Tecnológicas - Universidade Estadual de Goiás

Palavras-chave:

Sanidade Animal

Resumo

A espécie Cochliomyia hominivorax, conhecida popularmente como mosca da bicheira, é um parasita obrigatório de animais de sangue quente e sua distribuição geográfica estende-se por toda a América do Sul, excetuando-se o Chile. O parasitismo por esta mosca provoca perdas econômicas significativas e tem grande importância no Brasil. São poucos os estudos com foco nos produtos de excreção e secreção desta espécie e este trabalho teve como objetivo estudar as enzimas presentes  no produto de secreção e excreção (E/S) dos três estádios larvais de C. hominivorax. O perfil de proteínas foi obtido por eletroforese em gel de poliacrilamida e a atividade proteolítica foi analisada utilizando-se gelatina, azocaseína e Na-benzoil-arginina-nitroanilida (BAPNA) como substrato. Nos produtos de E/S dos três estádios, as proteínas foram detectadas com um peso molecular aparente que variou entre 116 e 20 kDa. No ensaio de azocaseína, em diferentes faixas de pH, a maior atividade proteolítica ocorreu em pH 7,5 para todos os estádios larvais. Os ensaios foram realizados usando- se estes mesmos substratos e as amostras foram tratadas com os inibidores Benzamidina, Pepstatin A, 4-(2-aminoetil)benzenosulfonil fluoreto hidrocloreto (AEBSF), N-?-tosil-L-lisina clorometil cetona (TLCK), N-?-tosil-L-fenilalanina clorometil cetona (TPCK), Ácido etilenodiamino tetra acético (EDTA), Leupeptina e Trans-epoxysuccinyl L-leucylamido-4-guanidino butano (E-64). As proteinases presentes nos produtos E/S de L1 são em sua maioria serina proteases do tipo tripsina e quimotripsina, enquanto que para os produtos E/S de L2 e L3 foi evidenciada a presença de serina proteases e aspartil proteases.

Palavras-chave: enzima; miíase; mosca; parasitas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denise Gonçalves Teixeira, Universidade Federal de Goiás

Mestre em Ciência Animal - SANHTA, Centro de Parasitologia Veterinária

Lígia Miranda Ferreira Borges, Departamento de Microbiologia, Imunologia, Parasitologia e Patologia - Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - Universidade Federal de Goiás

Departamento de Microbiologia, Imunologia, Parasitologia e Patologia; Área de Parasitologia

Thiago de Araújo Mastrângelo, Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética - Universidade Estadual de Campinas ( Unicamp )

Doutor (2009-2011, bolsista FAPESP) pela Universidade de São Paulo - CENA/USP. Realizou parte do Mestrado na International Atomic Energy Agency (IAEA) em Seibersdorf-Áustria (2008), e parte do Doutorado no United States Department of Agriculture (USDA-ARS) e na Comisión Panamá-Estados Unidos para la Erradicación y Prevención del Gusano Barredor del Ganado (COPEG) no Panamá (2011). Linhas de pesquisa: Entomologia agrícola, controle biológico de pragas, defesa agropecuária, e aplicação de técnicas nucleares e correlatas na agricultura e pecuária

Valdirene Neves Monteiro, Unidade Universitária de Ciências Exatas e Tecnológicas - Universidade Estadual de Goiás

Doutorado em Biologia pela Universidade Federal de Goiás (2008). Área de Bioquímica, com ênfase em Enzimologia, atuando principalmente nos seguintes temas: enzimas, trichoderma harzianum, bioquímica, biotecnologia, proteômica.

Downloads

Publicado

28-10-2016

Como Citar

Teixeira, D. G., Borges, L. M. F., Mastrângelo, T. de A., & Monteiro, V. N. (2016). CARACTERIZAÇÃO BIOQUÍMICA DO PRODUTO DE EXCREÇÃO/ SECREÇÃO DE LARVAS DE Cochliomyia hominivorax (DIPTERA: CALLIPHORIDAE). Ciência Animal Brasileira, 17(4), 581–592. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/37176

Edição

Seção

Medicina Veterinária