AVALIAÇÃO METABÓLICA DA REDUÇÃO DE FÓSFORO INORGÂNICO E SUPRESSÃO DE MICROMINERAIS E VITAMÍNAS EM DIETAS COM FITASE PARA SUÍNOS

Autores

  • Moema Pacheco Chediak Matos UFG
  • Romão da Cunha Nunes UFG
  • Jurij Sobestiansky UFG
  • Eurípedes Laurindo Lopes UFG
  • Maria Clorinda Soares Fioravanti UFG
  • Andréa Cintra Bastos Torres UFG
  • Giorgia Tomitão Mário UFG
  • Luiz Augusto Batista Brito UFG

Palavras-chave:

Sanidade Animal

Resumo

Este estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da restrição micromineral-vitamínica com redução gradativa do fósforo inorgânico em rações contendo fitase sobre o metabolismo ósseo, função hepática e renal de suínos em terminação. Alojaram-se 48 fêmeas suínas com idade inicial de 105 dias (66,15 ± 0,14 kg), recebendo dietas experimentais à base de milho, farelo de soja e farelo de trigo. Os animais foram divididos aleatoriamente em seis tratamentos: dieta completa (T1), dieta sem suplemento micromineral-vitamínico (T2), dieta sem suplemento micromineral-vitamínico e com fitase (T3), dieta sem suplemento micromineral-vitamínico, sem 1/3 de fósforo inorgânico e com fitase (T4), dieta sem suplemento micromineral-vitamínico, sem 2/3 de fósforo inorgânico e com fitase (T5), dieta sem suplemento micromineral-vitamínico, sem fósforo inorgânico e com fitase (T6). Dividiu-se o experimento em duas etapas, sendo a primeira composta por 24 animais que foram abatidos aos 150 dias (106,65 kg) e a segunda composta por 24 animais que foram abatidos aos 175 dias (123,87 kg). Avaliaram-se os seguintes itens: cálcio total, cálcio iônico, fósforo, relação cálcio–fósforo, proteínas totais, albumina, AST, GGT, ALP, uréia e creatinina no soro. Para isso, fez-se uso de um analisador bioquímico automático e de reagentes comerciais. Os resultados obtidos das análises do cálcio total, cálcio iônico, fósforo, relação Ca:P proteínas totais, albumina, AST, GGT, ALP, uréia e crea­tinina mostraram-se dentro do intervalo de normalidade. A redução do fósforo inorgânico, em dietas suplementadas com fitase, não interferiram no metabolismo ósseo. A retirada do suplemento micromineral-vitamínico e a redução progressiva do fósforo inorgânico em dietas suplementadas com fitase não provocaram alterações nas provas de função hepática e renal. A restrição de microminerais e de vitaminas por sessenta dias na fase de terminação não provocou alterações clínicas nos animais.PALAVRAS-CHAVES: Função hepática, função renal e metabolismo ósseo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-04-04

Como Citar

MATOS, M. P. C.; NUNES, R. da C.; SOBESTIANSKY, J.; LOPES, E. L.; FIORAVANTI, M. C. S.; TORRES, A. C. B.; MÁRIO, G. T.; BRITO, L. A. B. AVALIAÇÃO METABÓLICA DA REDUÇÃO DE FÓSFORO INORGÂNICO E SUPRESSÃO DE MICROMINERAIS E VITAMÍNAS EM DIETAS COM FITASE PARA SUÍNOS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 9, n. 1, p. 226–237, 2008. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/3689. Acesso em: 29 maio. 2022.

Edição

Seção

Medicina Veterinária