ESTUDO MORFOLÓGICO DE RINS DE BOVINOS ABATIDOS EM FRIGORÍFICOS INDUSTRIAIS SOB INSPEÇÃO ESTADUAL NO OESTE E PLANALTO CATARINENSE, BRASIL

Autores

  • Ricardo Evandro Mendes
  • Fabiana Moreira UDESC-CAV
  • Camila Sá Rocha
  • Celso Pilati

Palavras-chave:

Sanidade Animal

Resumo

Os critérios para condenação e liberação de órgãos submetidos ao serviço oficial de inspeção de carnes têm sido controversos. Um estudo morfológico foi desenvolvido em rins condenados e não-condenados de bovinos durante inspeção de rotina em frigoríficos comerciais com o objetivo de estabelecer as principais causas de condenação pelo Serviço de Inspeção Estadual (SIE). Os motivos de condenações foram os seguintes: cistos (35,04%), pontos claros (23,08%), áreas claras (20,51%), infarto (9,40%), áreas escuras (5,99%), superfície irregular (3,42%), causas diversas (2,56%). Microscopicamente, os rins condenados mostraram fibrose associada a infiltrado inflamatório (26,51%), nefrite intersticial (20,51%), cisto (17,09%), cisto acompanhado de infiltrado pericapsular (12,82%), cisto com nefrite intersticial (8,55%), calcificações (3,42%), cisto associado à fibrose e infiltrado inflamatório (2,56%), hipercelularidade glomerular (0,85%), causas diversas (4,27%) e sem alterações (3,42%). Dentre os rins não-condenados, 65,81% não apresentaram alterações macroscópicas; todavia, se observaram nefrite intersticial (19,66%), calcificações (4,27%), hipercelularidade glomerular (5,13%), fibrose associada a infiltrado inflamatório (1,71%) e alterações variadas (3,42%). Existem incongruências na rotina de inspeção de carnes do Serviço de Inspeção Estadual (SIE), pois alterações microscópicas observadas em 34,19% dos rins não-condenados não foram detectadas pelo exame macroscópico e órgãos com lesão foram liberados para consumo humano, assim como 3,42% dos rins condenados foram rejeitados desnecessariamente, causando perdas econômicas.

PALAVRAS-CHAVES: Bovino, histopatologia, inspeção, rim.

Palavras-chave: rim, histopatologia, inspeção, bovino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Evandro Mendes

1Universidad de Córdoba ? UCO, Campus Universitario de Rabanales, 
Edificio de Sanidad Animal, Departamento de Anatomía y Anatomía 
Patológicas Comparadas. Ctra. Madrid-Cádiz, s/n. 14014. Córdoba, 
España. *Autor para correspondência. E-mail: z62memer@uco.es.

Fabiana Moreira, UDESC-CAV

2Universidade do Estado de Santa Catarina do Centro de Ciências 
Agroveterinárias ? UDESC/CAV

Camila Sá Rocha

UDESC/CAV, Aluna de Mestrado

Celso Pilati

Professor Doutor de Histologia Animal

Downloads

Publicado

03-04-2009

Como Citar

Mendes, R. E., Moreira, F., Rocha, C. S., & Pilati, C. (2009). ESTUDO MORFOLÓGICO DE RINS DE BOVINOS ABATIDOS EM FRIGORÍFICOS INDUSTRIAIS SOB INSPEÇÃO ESTADUAL NO OESTE E PLANALTO CATARINENSE, BRASIL. Ciência Animal Brasileira, 10(1), 281–287. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/3292

Edição

Seção

Medicina Veterinária