RESPOSTAS AO EXERCÍCIO DE INTENSIDADE CRESCENTE EM EQÜINOS: ALTERAÇÕES NA GLICOSE, INSULINA E LACTATO

Autores

  • Guilherme Camargo Ferraz UNESP/Jaboticabal
  • Antonio Raphael Teixeira-Neto UNESP/Jaboticabal
  • José Correa Lacerda-Neto UNESP/Jaboticabal
  • Antonio Queiroz-Neto UNESP/Jaboticabal

Palavras-chave:

Sanidade animal

Resumo

Objetivou-se estudar os efeitos do exercício intenso sobre a glicose e insulina plasmáticas e o lactato sanguíneo de equinos da raça Puro Sangue Árabe (PSA). Utilizaram-se 24 equinos, treinados, que foram submetidos a exercício-teste de intensidade crescente em esteira rolante. Para tanto, após aquecimento por quatro minutos a 4,0 m.s-1, a esteira foi inclinada (10%) e a velocidade gradativamente aumentada, a intervalos de dois minutos, para 6, 8 e 10 m.s-1. A partir dessa etapa de esforço máximo, procedeu-se à desaceleração, retomando a velocidade para 3,0 m.s-1, por vinte minutos, que correspondeu ao período de desaquecimento ativo. Os resultados mostraram que houve variação significativa (P? 0,05), a partir do repouso. A glicemia manteve-se constante em todas as etapas na fase de exercício, elevando-se significativamente na fase de desaquecimento, e a insulinemia foi reduzida com o exercício. A lactacidemia mostrou evidente aumento em relação ao incremento da intensidade de esforço. Concluiu-se que a atividade neural simpática é a maior responsável pelas alterações em variáveis fisiológicas durante o exercício intenso.
PALAVRAS-CHAVES: Equinos, exercício, glicose, insulina, lactato.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Camargo Ferraz, UNESP/Jaboticabal

Médico Veterinário graduado pela Universidade Estadual Paulista – Faculdade de Ciências Agrárias do Campus de Jaboticabal, com início em março de 1994 e término em Janeiro de 1999. Durante a graduação, no período de 1996 a 1998, realizou iniciação científica, orientado pela Prof. Dra. Elisabeth Criscuolo Urbinati. Concluiu o Programa de Aprimoramento em Medicina Veterinária junto ao Hospital Veterinário “Governador Laudo Natel”- FCAV/UNESP, área de Clínica Médica de Grandes Animais, sob orientação do Prof. Dr. José Jurandir Fagliari. Em 21 de fevereiro de 2003 obteve título de mestre sob a orientação do Prof. Antonio de Queiroz Neto com a dissertação intitulada “Avaliação da suplementação crônica com creatina sobre o desempenho atlético de eqüinos”. Subseqüentemente, em março de 2003 ingressou no programa de pós-graduação FCAV/UNESP, nível doutorado, em Medicina Veterinária, área de concentração em Clínica Médica Veterinária. Em 2006 defendeu Tese de Doutorado intitulada “Respostas endócrinas, metabólicas, cardíacas e hematológicas de eqüinos submetidos ao exercício intenso e à administração de cafeína, aminofilina e clembuterol”.

Downloads

Publicado

20-12-2009

Como Citar

Ferraz, G. C., Teixeira-Neto, A. R., Lacerda-Neto, J. C., & Queiroz-Neto, A. (2009). RESPOSTAS AO EXERCÍCIO DE INTENSIDADE CRESCENTE EM EQÜINOS: ALTERAÇÕES NA GLICOSE, INSULINA E LACTATO. Ciência Animal Brasileira, 10(4), 1332–1338. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/3012

Edição

Seção

Nota Científica