ERLIQUIOSE CANINA EM CAMPOS DOS GOYTACAZES, RIO DE JANEIRO, BRASIL

Autores

  • Antonio Peixoto Albernaz
  • Farlen José Bebber Miranda
  • Orlando Augusto Melo Jr.
  • Josias Alves Machado
  • Hugo Vieira Fajardo

Palavras-chave:

Erliquiose, Cães

Resumo

Com o propósito de pesquisar a positividade e analisar os aspectos hematológicos de cães infectados com Ehrlichia spp. na cidade de Campos dos Goytacazes, avaliaram-se 1.576 cães. Realizaram-se pesquisa de hemocitozoários e hemograma para se determinar a ocorrência e os aspectos hematológicos dos cães infectados por Ehrlichia spp. Baseou-se o diagnóstico no achado de mórulas de Ehrlichia spp. nos leucócitos, em sua maioria nos monócitos, sendo considerados infectados 219 (13.89%) cães.   Anemia, trombocitopenia, DNNE leve, eosinopenia e monocitopenia absolutas foram as alterações hematológicas mais observadas.

Palavras-chaves: Esfregaço sangüíneo, hematologia, Ehrlichia spp.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

10-12-2007

Como Citar

Albernaz, A. P., Miranda, F. J. B., Melo Jr., O. A., Machado, J. A., & Fajardo, H. V. (2007). ERLIQUIOSE CANINA EM CAMPOS DOS GOYTACAZES, RIO DE JANEIRO, BRASIL. Ciência Animal Brasileira, 8(4), 799–806. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/2700

Edição

Seção

Medicina Veterinária