AVALIAÇÕES DA PARASITEMIA, DO HEMATÓCRITO E DOS NÍVEIS BIOQUÍMICOS SÉRICOS, DE BEZERROS NELORE (Bos indicus), INOCULADOS COM ISOLADOS DE Babesia bigemina (Smith & Kilborne, 1893) DAS REGIÕES SUL, SUDESTE, CENTRO-OESTE, NORDESTE E NORTE DO BRASIL

Dirson Vieira, Carla Lopes Mendonça, Aguemi Kohayagawa, Cláudio Roberto Madruga, Maria Aparecida Schenki, Raul Kessler

Resumo


Avaliaram-se a parasitemia, o hematócrito e os níveis séricos de bilirrubina total, creatinina, uréia e colesterol de bezerros Nelore (Bos indicus) inoculados com isolados de Babesia bigemina das cinco regiões fisiográficas do Brasil. Constatou-se que os diferentes isolados desenvolveram baixa parasitemia, nos animais experimentalmente inoculados, diminuição do colesterol sérico, e que não houve variações nos níveis de bilirrubina, creatinina e uréia sérica.
PALAVRAS-CHAVE: Bos indicus, Babesia bigemina, parasitemia, bioquímica sérica.

Texto completo:

PDF




Logotipo do IBICT
Visitantes: contador de visitas