TAXA DE GESTAÇÃO EM ÉGUAS DA RAÇA CRIOULA APÓS ASPIRAÇÃO FOLICULAR GUIADA POR ULTRASSOM

  • Vivian Campos Laia Franco Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Agrárias, Embryolab, Hospital Veterinário Universitário, bloco 4, ala sul, avenida Roraima, 1000, Camobi, CEP 97105-900, Santa Maria/RS.
  • Fabricio Desconsi Mozzzaquatro
  • Rodrigo Arruda de Oliveira
  • Flavio Desessards De La Corte
  • Mara Iolanda Batistella Rubin
  • Carlos Antonio Mondino Silva
Palavras-chave: Reprodução Animal

Resumo

Há poucos estudos sobre aspiração folicular transvaginal guiada por ultrassom na medicina equina abordando complicações futuras na fertilidade das éguas aspiradas. Com o objetivo de avaliar o efeito da aspiração folicular na fertilidade das éguas, foram conduzidos dois experimentos. No experimento I, 15 éguas da raça Crioula foram distribuídas em três grupos de acordo com o diâmetro do folículo aspirado durante o estro: 25-29mm (n=4; grupo 1); 30-34mm (n=6; grupo 2); > 35mm (n=5; grupo 3) e grupo controle (n=15; grupo 4). No experimento II, a aspiração folicular foi realizada em 25 éguas durante o diestro quando pelo menos 4 folículos (>5mm) foram observados na ultrassonografia transretal em ambos os ovários. Foram aspirados todos os folículos visíveis, entre 4 e 8 mm. Trinta e uma éguas serviram como controle. No experimento I, a taxa de prenhez no ciclo seguinte a aspiração foi de 75% (grupo 1), 83,3% (grupo 2), 60% (grupo 3), e 73,3% (grupo 4). No experimento II foi de 76% no grupo aspirado e 77,4% no grupo controle (não aspirado). Em ambos os experimentos, as taxas de prenhez foram similares (P>0,05). Os resultados mostram que a taxa de concepção no primeiro ciclo após a aspiração folicular não é afetada pelo procedimento.

PALAVRAS-CHAVE: Aspiração folicular, éguas, equino, fertilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
27-09-2014
Como Citar
Franco, V. C. L., Mozzzaquatro, F. D., Oliveira, R. A. de, De La Corte, F. D., Rubin, M. I. B., & Silva, C. A. M. (2014). TAXA DE GESTAÇÃO EM ÉGUAS DA RAÇA CRIOULA APÓS ASPIRAÇÃO FOLICULAR GUIADA POR ULTRASSOM. Ciência Animal Brasileira, 15(3), 339-343. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/26398
Seção
Medicina Veterinária