DESEMPENHO DE NOVILHAS MESTIÇAS LEITEIRAS ALIMENTADAS COM CANA-DE-AÇÚCAR CORRIGIDA E SUPLEMENTADAS COM CONCENTRADO CONTENDO EXTRATO DE “QUILLAJA SAPONARIA MOLINA”

Milton Luiz Moreira Lima, Juliano José de Resende Fernandes, Eduardo Rodrigues de Carvalho, Sandro de Castro Santos, Marília Carvalho da Cruz, Ângela Cristina F. de Brito

Resumo


Avaliou-se no presente trabalho o ganho de peso médio diário, o consumo de matéria seca e a conversão alimentar de novilhas mestiças leiteiras que receberam extrato de Quillaja Saporinaria Molina, cujo principal efeito é a inibição sobre a população de protozoários e a redução na concentração e/ou liberação de amônia no rúmen. As dietas utilizadas foram constituídas de cana-de-açúcar ad libitum e concentrado na base de 0,7% de inclusão em relação ao peso vivo do animal. O fornecimento de 1,5 ou 3 g do extrato não alterou o consumo médio de matéria seca (6,41 kg/novilha ou 2,1% do peso vivo), o ganho de peso médio diário (0,789 kg/dia) e a conversão alimentar (8,12:1). A saponina não alterou o consumo de alimento e não melhorou o desempenho de novilhas leiteiras em confinamento.

PALAVRAS-CHAVES: Aditivo, confinamento, consumo, conversão alimentar, ganho de peso, matéria seca.

Palavras-chave: confinamento, consumo, conversão alimentar, ganho de peso, matéria seca, dieta.


Palavras-chave


Produção de Bovinos de Leite

Texto completo:

PDF HTML




Logotipo do IBICT
Visitantes: contador de visitas