NFLUÊNCIA DA INSULINA NA CONGELABILIDADE DO SÊMEN DE OVINO

  • Mauricio Fraga van Tilburg UENF
  • José Frederico Straggiotti Silva UENF
  • Angelo José Burla Dias UENF
  • Célia Raquel Quirino UNEF
  • Bruno Fagundes UENF

Resumo

A insulina está presente no plasma seminal e pode envolver-se em eventos da capacitação e metabolismo autócrino do espermatozóide (AQUILA et al., 2005). Assim, estudaram-se os efeitos da insulina adicionada ao diluente de congelamento para sêmen e sua conseqüência na criopreservação, integridade de acrossoma e funcionalidade de membrana de espermatozóide ovino. A insulina foi adicionada na fração B do diluente TRIS-gema em diferentes concentrações. As avaliações da motilidade e cinemática realizaram-se às 0, 3 e 6 horas, enquanto a funcionalidade e integridade de membrana foram avaliadas às 0 e 6 horas após o descongelamento. A adição de 3,0 UI/mL de insulina aumentou (P>0,05) a amplitude lateral de cabeça (5,42±0,97; C:4,75±0,47) e acrossomas íntegros (153,67±16,98; C:134,00±18,08). A concentração de 0,3 UI/mL de insulina melhorou a retilinearidade, quando verificada no período de 3 horas (83,17±2,71; C:78,67±4,97). Nesse mesmo período, observou-se uma elevação nos valores de linearidade nas concentrações de 0,3 e 3,0 UI/mL de insulina (52,17±2,14; 51,67±3,14; C:46,83±3,60, respectivamente). Seis horas após o descongelamento, os tratamentos com 0,3 e 3,0 UI/mL apresentaram valores de acrossomas íntegros mais elevados (146,17±10,91; 146,33±16,02; C:117,00±17,80, respectivamente). A adição de insulina ao diluente aumentou a motilidade, cinemática e integridade de acrossoma do sêmen ovino congelado.

PALAVRAS-CHAVES: Congelamento, espermatozóides, insulina, ovino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mauricio Fraga van Tilburg, UENF
Médico veterinário formado pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Mestrado e Doutorado em Produção Animal na área de Biotecnologia da Reprodução pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.
José Frederico Straggiotti Silva, UENF
Doutor em Medicina Veterinária pela Universidade de Hannover e professor associado da UENF.
Angelo José Burla Dias, UENF
Doutor em Produção Animal e professor associado da UENF.
Célia Raquel Quirino, UNEF
Doutora em Melhoramento Genético Animal e professora associada da UENF.
Bruno Fagundes, UENF
Mestre em Produção Animal e aluno de doutorado da UENF.
Publicado
15-10-2008
Como Citar
van Tilburg, M. F., Silva, J. F. S., Dias, A. J. B., Quirino, C. R., & Fagundes, B. (2008). NFLUÊNCIA DA INSULINA NA CONGELABILIDADE DO SÊMEN DE OVINO. Ciência Animal Brasileira, 9(3), 731-739. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/1566
Seção
Medicina Veterinária