OBSTRUÇÃO PARCIAL DA TRAQUÉIA EM CANINO

Autores

  • Silvio Henrique Freitas Universidade de Cuiabá - UNIC
  • Lázaro Manoel Camargo UNIC
  • Patricia Scapucin UNIC
  • Ana Helena Benetti UNIC
  • Claudia Gorgulho Nogueira Fernandes UNIC
  • Renata Gebara Sampaio Dória UNIC

Palavras-chave:

Sanidade animal

Resumo

A obstrução traqueal incompleta por corpos estranhos é uma afecção rara na espécie canina, que pode causar traqueíte, bronquite e pneumonia. Os principais sinais clínicos são dispneia, tosse e cianose, que podem levar o animal a óbito. Um canino da raça Rottweiler, fêmea, com um ano e sete meses de idade, foi atendido no Hospital Veterinário da Universidade de Cuiabá/UNIC/MT, apresentando tosse e angústia respiratória. O exame radiológico revelou uma estrutura radiopaca de formato circular localizado na traqueia cervical cranial. O animal foi, então, submetido à traqueotomia para retirada do corpo estranho, ocasião em que se pôde confirmar que se tratava de uma bola de gude. Os resultados foram satisfatórios, confirmados através de ausência de sinais de dificuldade respiratória após o procedimento cirúrgico.

PALAVRAS-CHAVES: Canino, corpo estranho, traqueia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvio Henrique Freitas, Universidade de Cuiabá - UNIC

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Goiás (1995) , especialização em Especialização em Medicina Veterinária Área de Con pela Universidade Federal de Goiás (1997) e mestrado e doutorando em Ciência Veterinária pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (2003) . Atualmente é Professor Clínica Cirúrgica Veterinária, Técnica Cirúrgica e Anestesiologia, Prát hosp em Clín Cirúr e Anest da e Histologia da Universidade de Cuiabá. Tem experiência na área de Medicina Veterinária , com ênfase em Clínica e Cirurgia Animal.

Downloads

Publicado

01-04-2010

Como Citar

Freitas, S. H., Camargo, L. M., Scapucin, P., Benetti, A. H., Nogueira Fernandes, C. G., & Sampaio Dória, R. G. (2010). OBSTRUÇÃO PARCIAL DA TRAQUÉIA EM CANINO. Ciência Animal Brasileira, 11(1), 234–238. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/1561

Edição

Seção

Relato de caso