DINÂMICA DA INFECÇÃO NATURAL POR Babesia bigemina EM BEZERROS A PARTIR DO NASCIMENTO DETECTADO PELA REAÇÃO EM CADEIA DA POLIMERASE

  • Ângela Patrícia Santana Universidade de Brasília
  • Guido Fontgalland Coelho Linhares Universidade Federal de Goiás
  • Luci Sayori Murata Universidade de Brasília
  • Francisco Ernesto Bernal Universidade de Brasília
  • Fernando Araripe Torres Universidade de Brasília
  • Cláudio Roberto Madruga EMBRAPA - CNPGC

Resumo

Com o objetivo de estudar por PCR a dinâmica da infecção natural da Babesia bigemina em bezerros criados em sistema extensivo, foram colhidas 266 amostras de sangue de um grupo de 37 bezerros, a partir do nascimento até aproximadamente 165 dias de vida, com intervalo médio de 19 dias entre as colheitas. Distribuíram-se as amostras de acordo com os grupos de diferentes faixas etárias (entre 0 e 15 dias, entre 16 e 30 dias e assim sucessivamente até 165 dias). Do total de 266 amostras, 116 (43,60%) mostraram-se positivas para a PCR. A reação foi capaz de detectar a presença do parasito em todos os intervalos das colheitas e registrou-se o maior número de primo-infecções – 12 em 37 (32,43%) – no período de 31 a 45 dias. Dos 37 bezerros estudados, apenas um apresentou resultado da PCR positivo nos dois grupos de faixa etária inferior a 31 dias. Este animal apresentava dois dias de vida no momento da colheita, sugerindo um caso de transmissão transplacentária de B. bigemina.

PALAVRAS-CHAVES: Babesia bigemina, bovino, infecção, PCR.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ângela Patrícia Santana, Universidade de Brasília
Professor, FAV-UnB, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária Área Medicina Preventiva
Guido Fontgalland Coelho Linhares, Universidade Federal de Goiás
Professor Escola de Veterinária da Universidade Federal de Goiás
Luci Sayori Murata, Universidade de Brasília
Professor, FAV-UnB, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária Área Medicina Preventiva
Francisco Ernesto Bernal, Universidade de Brasília
Professor, FAV-UnB, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária Área Medicina Preventiva
Fernando Araripe Torres, Universidade de Brasília
Professor, Instituto de Biologia - UnB
Cláudio Roberto Madruga, EMBRAPA - CNPGC
EMBRAPA - CNPGC
Publicado
15-10-2008
Como Citar
Santana, Ângela P., Linhares, G. F. C., Murata, L. S., Bernal, F. E., Torres, F. A., & Madruga, C. R. (2008). DINÂMICA DA INFECÇÃO NATURAL POR Babesia bigemina EM BEZERROS A PARTIR DO NASCIMENTO DETECTADO PELA REAÇÃO EM CADEIA DA POLIMERASE. Ciência Animal Brasileira, 9(3), 721-730. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/1486
Seção
Medicina Veterinária