CRESCIMENTO DE TILÁPIA-DO-NILO ALIMENTADA COM PEIXES MARINHOS PROVENIENTES DA PESCA DO CAMARÃO

Carlos Henrique dos Anjos dos Santos, Jullyermes Araújo Lourenço, Marco Antonio Igarashi

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o uso de peixes marinhos no crescimento de tilápia-do-Nilo, Oreochromis niloticus. Desenvolveu-se o experimento em delineamento inteiramente casualizado com três tratamentos (ração para peixes com 28% de PB, Pellona harroweri e Pomadasys croco), três repetições cada. Utilizaram-se 63 peixes, com peso médio inicial de 3,059±0,846 g e 44,1±4,0 mm para o tratamento com ração, 3,015±0,892 g e 44,6±4,5 mm para o tratamento com P. harroweri e 2,736±0,803 g e 43,6±4,5 mm para o tratamento com P. croco, distribuídos homogeneamente em nove tanques de alvenaria de 2 m3 cada, contendo sete peixes por tanque. Após 91 dias, os resultados indicaram que as dietas com ração resultaram em melhores ganhos em peso e crescimento específico (P < 0,05). A tilápia-do-Nilo, mesmo sendo uma espécie omnívora, aceitou bem as dietas compostas pelas espécies de peixes marinhos utilizadas neste trabalho.

PALAVRAS-CHAVES: Alimentação de peixes, aqüicultura alternativa, Oreochromis niloticus.

Texto completo:

PDF




Logotipo do IBICT
Visitantes: contador de visitas