QUALIDADE DA CARCAÇA E DA CARNE DE NOVILHOS ABATIDOS COM PESOS SIMILARES, TERMINADOS EM DIFERENTES SISTEMAS DE ALIMENTAÇÃO

  • Fabiano Nunes Vaz
  • João Restle
  • João Teodoro Padua
  • Patrícia Alessandra Meneguzzi Metz
  • José Luiz Moletta
  • Juliano José de Resende Fernandes

Resumo

O objetivo deste trabalho foi estudar as características qualitativas da carcaça e da carne de novilhos Aberdeen Angus terminados em confinamento, com canade-açúcar + concentrado, ou em pastagem cultivada de azevém (Lolium multiflorum) + sal comum como suplemento mineral. Abateram-se os novilhos aos 24 meses de idade com pesos similares de 394 e 396 kg, respectivamente. Alimentaram-se os animais confinados com dieta contendo, na matéria seca, 72,3% de cana-de-açúcar e 27,7% de concentrado. Os novilhos apresentaram no início da terminação peso médio de 320 kg e idade média de vinte meses. Não houve diferença nas percentagens de músculo e de osso. A percentagem de gordura foi similar, sendo de 22,8% e 20,7%, respectivamente, para animais terminados em pastagem e confinamento. A suculência, o sabor, a força de cisalhamento e a quebra no descongelamento mostraram-se maiores nos animais terminados em pastagem cultivada, sendo, respectivamente, 6,93 pontos, 6,60 pontos, 9,23 kgf e 8,28%, contra 5,93 pontos, 5,77 pontos, 7,27 kgf e 5,27%, na mesma ordem, para novilhos alimentados em confinamento. Contudo, outras características qualitativas da carne como cor, textura, marmoreio, maciez e quebra na cocção foram similares entre os tratamentos. PALAVRAS-CHAVE: Aberdeen Angus, cana-de-açúcar, confinamento, pastagem hibernal.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
20-04-2007
Como Citar
Vaz, F., Restle, J., Padua, J., Metz, P. A., Moletta, J. L., & Fernandes, J. J. (2007). QUALIDADE DA CARCAÇA E DA CARNE DE NOVILHOS ABATIDOS COM PESOS SIMILARES, TERMINADOS EM DIFERENTES SISTEMAS DE ALIMENTAÇÃO. Ciência Animal Brasileira, 8(1), 31-40. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/1156
Seção
Produção Animal