INFLUÊNCIA DOS FATORES AMBIENTAIS SOBRE O TAMANHO DA LEITEGADA AO NASCER E TAXA DE MORTALIDADE À DESMAMA DE LEITÕES NO BREJO PARAIBANO

  • Ludmila da Paz Gomes da Silva
  • Aderbal Cavalcante Neto
  • Maria Norma Ribeiro
  • Jeffrey Frederico Lui
  • Ovidio Tavares Vinagre
  • Antonio Carlos Ribeiro Vinagre
  • Luci Sayori Murata
  • Terezinha Domiciano Dantas Martins

Resumo

Este trabalho objetiva avaliar a influência dos fatores ambientais sobre o tamanho da leitegada ao nascer e a taxa de mortalidade à desmama de leitões no Brejo Paraibano. Para isso, utilizaram-se dados provenientes de fichas zootécnicas do rebanho da Granja SUPASA no município de Guarabira, Estado da Paraíba, e procedeu-se à análise das fichas zootécnicas do plantel de suínos puros das raças Landrace e Large White e dos animais mestiços (Landrace x Large White), nascidos no período de 1995 a 1996. Foram estudadas as seguintes características: o número de leitões nascidos por leitegada (tamanho da leitegada ao nascer) e a taxa de mortalidade dos leitões pré-desmame, em relação à raça da mãe, mês e ano de parição e sexo dos leitões. Após o estudo dos dados coletados, verificaram-se diferenças significativas entre raças para o tamanho da leitegada, a saber: a raça Landrace e os mestiços apresentaram um maior número de leitões nascidos por leitegada do que a Large White; o ano e o mês de parição exerceram efeito significativo sobre o tamanho da leitegada ao nascer, assim como a taxa de mortalidade à desmama. PALAVRAS-CHAVE: Eficiência produtiva, mortalidade, raças, reprodução, suínos

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
20-04-2007
Como Citar
Silva, L. da P., Cavalcante Neto, A., Ribeiro, M., Lui, J. F., Vinagre, O. T., Vinagre, A. C., Murata, L., & Martins, T. D. (2007). INFLUÊNCIA DOS FATORES AMBIENTAIS SOBRE O TAMANHO DA LEITEGADA AO NASCER E TAXA DE MORTALIDADE À DESMAMA DE LEITÕES NO BREJO PARAIBANO. Ciência Animal Brasileira, 8(1), 1-6. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/1152
Seção
Produção Animal