AMPUTAÇÃO DO MEMBRO PELVICO ESQUERDO DE TAMANDUÁ-MIRIM (Tamanduá tetradactyla) (relato de caso)

Autores

  • Marcelo Campos Rodrigues Universidade Federal do Piauí
  • Ana Maria Quessada
  • Dayanne Anunciação Silva Barbosa Dantas
  • Hatawa Melo de Almeida
  • Maria Cristina de Oliveira Cardoso Coelho

Resumo

Os traumas são comuns em animais silvestres e correspondem a 15,5% das desordens clínicas registradas em tamanduás. No entanto, há poucos relatos de procedimentos cirúrgicos em animais silvestres. Este relato visa contribuir com informações sobre o tratamento cirúrgico utilizado para a amputação do membro pélvico de um tamanduá-mirim (Tamandua tetradactila), realizado no Hospital Veterinário Universitário da Universidade Federal do Piauí, em decorrência de um trauma extenso com perda parcial da extremidade distal do membro pélvico. O procedimento cirúrgico favoreceu a sobrevivência e o completo restabelecimento do animal.

PALAVRAS-CHAVES: Animal silvestre, cirurgia, Tamandua tetradactyla.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Campos Rodrigues, Universidade Federal do Piauí

Médico Veterinário, professor do Deptº de Biofísica e Fisiologia (Biofísica), professor do Hospital Veterinário Universitário (clínica e cirurgia veterinária), doutorando do programa de pós-graduação em Ciência Veterinária da UFRPE

Downloads

Publicado

03-04-2009

Como Citar

Rodrigues, M. C., Quessada, A. M., Dantas, D. A. S. B., Almeida, H. M. de, & Coelho, M. C. de O. C. (2009). AMPUTAÇÃO DO MEMBRO PELVICO ESQUERDO DE TAMANDUÁ-MIRIM (Tamanduá tetradactyla) (relato de caso). Ciência Animal Brasileira, 10(1), 330–334. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/1147

Edição

Seção

Relato de caso