[1]
V. F. Furtado e F. A. O. Chagas, “Uma alternativa para se trabalhar a educação ambiental de maneira interdisciplinar nas aulas de biologia e de língua portuguesa”, RevPoly, vol. 26, nº 1, p. 167-182, out. 2015.