Educação matemática e jogos digitais de entretenimento com estudantes da educação básica

  • João Paulo Godoy
  • Janice Pereira Lopes Instituto de Matemática e Estatística da Universidade Federal de Goiás (IME/UFG)
  • Wanessa Cristina Manhente Rocha

Resumo

O presente artigo relata resultados parciais de pesquisa realizada no âmbito do projeto de extensão intitulado: “@PED: Ações Pedagógicas em Ambientes Digitais”. Este projeto está focado no estudo e vivência de jogos digitais de entretenimento para o trato de conteúdos da matemática do Ensino Básico. O texto discute brevemente o conceito de sociedade em rede (CASTELLS, 2002) e a necessidade de a educação matemática incorporar novas linguagens (LOPES et al., 2013). Apresenta, também rapidamente, a fundamentação teórica que sustenta a experiência pedagógica: Vergnaud (1991; 2013), Vygotsky (2009), Vila e Callejo (2006), dentre outros. A pesquisa realizada no bojo do projeto tem como objetivo responder à questão: a proposta de educação matemática a partir de jogos digitais oferecida pelo Projeto @PED é bem aceita pelos seus participantes? A metodologia empregada é a comunicativa crítica, com a análise de quatro questionários realizados com os participantes nos anos de 2017, 2018 e 2019. Os dados coletados revelaram altos índices de aceitação do projeto. Os resultados da pesquisa indicam que aliar jogos digitais de entretenimento ao ensino de matemática constitui-se num caminho bem aceito pelos estudantes e bastante promissor, em particular, no tocante ao interesse e envolvimento destes em atividades envolvendo aprendizagem matemática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo Godoy
Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Goiás, com o apoio da FAPEG (Fundo de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás). Graduado em pedagogia e em direito pela Universidade Federal de Goiás, especialista em direito da criança e do adolescente pela ESMEG (Escola Superior de Magistratura do Estado de Goiás).
Janice Pereira Lopes, Instituto de Matemática e Estatística da Universidade Federal de Goiás (IME/UFG)
Doutora em Educação Científica e Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina (PPGECT/UFSC). Docente Associada do Instituto de Matemática e Estatística da Universidade Federal de Goiás (IME/UFG).
Wanessa Cristina Manhente Rocha
Especialista em Linguagem e Educação Escolar, pela Universidade Estadual de Goiás, Câmpus de Ciências Socio-Econômicas e Humanas. Docente na rede privada no município de Goiânia.
Publicado
19-08-2020
Como Citar
Godoy, J. P., Pereira Lopes, J., & Manhente Rocha, W. C. (2020). Educação matemática e jogos digitais de entretenimento com estudantes da educação básica. Revista Polyphonía, 30(2), 177-200. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/sv/article/view/65113
Seção
Dossiê: Tecnologias digitais e ensino na educação básica