O humor na novela de suspense Sangue Fresco, de João Carlos Marinho

  • Márcia Maria de Melo Araújo
  • Maria Zaira Turchi UFG

Resumo

Compreender o humor e refletir sobre ele na novela de suspense Sangue fresco, de João Carlos Marinho, é a proposta deste trabalho, cujos objetivos são ressaltar a importância do gênero policial de suspense na produção literária juvenil e demonstrar como o autor trabalha o humor por meio da paródia e da hipérbole, construindo uma crítica social com criatividade e irreverência, parodiando o gênero policial com magia e encantamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcia Maria de Melo Araújo
Técnica em Assuntos Educacionais do Setor de Apoio à Ação Pedagógica do Cepae/UFG
Publicado
11-05-2009
Como Citar
Araújo, M. M. de M., & Turchi, M. Z. (2009). O humor na novela de suspense Sangue Fresco, de João Carlos Marinho. Revista Polyphonía, 17(1), 63-78. https://doi.org/10.5216/rp.v17i1.6212
Seção
Artigos