Multimodalidade e inteligências múltiplas nas aulas de Língua Portuguesa

  • Darcília Marindir Pinto Simões Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Resumo

Partindo da teoria das inteligências múltiplas de Howard Gardner, propusemos explorar a multimodalidade (conjunção de signos) no ensino de língua. Nessa ótica, são acionados esquemas cognitivos diversos. A ampla gama de competências converte-se em valores culturais; o psicólogo norte-americano entendeu que cada competência corresponde a uma capacidade, a qual atestaria uma inteligência (GARDNER, 1995). O autor então “fatiou” a inteligência humana em tipos específicos, ficções que permitem descrever e classificar processos cognitivos variados, ativados nas aprendizagens (GARDNER, 1994, 53). Consequentemente, formulamos a hipótese de que recursos multimodais estimulariam múltiplas inteligências, já que desenvolveriam competências variadas observáveis por vários níveis de análise semiótica (SIMÕES, 2002). A multimodalidade se traduz em recursos como fontes, cores, tamanhos, orientação, gráficos, tabelas, sons, dimensões etc. (KRESS, G.; VAN LEEUWEN, 2006) em objetos variados, como minicontos, poemas, letras de música, charge, notícia etc., com os quais temos testado a eficiência dessa abordagem. A avaliação tem sido feita na produção do aprendente: relatórios orais e escritos, produção de história em quadrinhos a partir de um poema, miniconto ou letra de música; ou o contrário. Apresentam-se sugestões sobre como explorar a multimodalidade para o desenvolvimento de competências, capacidades, inteligências. A experimentação relatada tem sido feita tanto no Ensino Médio quanto no Superior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Darcília Marindir Pinto Simões, Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
Graduada em Letras (UFF), Mestre em Letras (UFF), Doutorado em Letras Vernáculas (UFRJ). Professora Titular de Língua Portuguesa do Instituto de Letras – Dpto LIPO – Universidade do Estado do Rio de Janeiro.
Publicado
08-02-2019
Como Citar
Simões, D. M. P. (2019). Multimodalidade e inteligências múltiplas nas aulas de Língua Portuguesa. Revista Polyphonía, 29(2). https://doi.org/10.5216/rp.v29i2.57115
Seção
Dossiê: O ensino de Língua Portuguesa e Literatura na escola: caminhos e possibilidades nos estudos de linguagem