Saberes docentes na educação de jovens e adultos em Florianópolis (SC)

  • Cláudio Roberto Antunes Scherer Júnior Membro do Grupo de pesquisa Patrimônio, Memória e Educação (PAMEDUC).
  • Claricia Otto Universidade Federal de Santa Catarina.

Resumo

A Educação de Jovens e Adultos (EJA) em Florianópolis é colocada em ação pela via da Pesquisa como Princípio Educativo (PPE). Essa estratégia implica uma série de especificidades nos modos de materializar os processos de ensino e aprendizagem, bem como nas maneiras de se conceber a ação docente. Utilizando uma metodologia de tipo etnográfica e por meio de observações de campo e entrevistas, este artigo busca compreender algumas nuances sobre os saberes docentes dos professores dessa modalidade peculiar de ensino. A categoria, saberes docentes, é compreendida por meio de Tardif (2000; 2010; 2013). Nessa direção, algumas formas de se materializar a ação docente, em contexto de sala de aula, propiciaram a identificação e análise de saberes docentes intimamente ligados ao trabalho coletivo, à proximidade e à humanização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudio Roberto Antunes Scherer Júnior, Membro do Grupo de pesquisa Patrimônio, Memória e Educação (PAMEDUC).
Mestre em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), membro do Grupo de pesquisa Patrimônio, Memória e Educação (PAMEDUC).
Claricia Otto, Universidade Federal de Santa Catarina.
Doutora em História, professora do Departamento de Metodologia de Ensino e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina.
Publicado
26-06-2018
Como Citar
Scherer Júnior, C. R. A., & Otto, C. (2018). Saberes docentes na educação de jovens e adultos em Florianópolis (SC). Revista Polyphonía, 29(1). https://doi.org/10.5216/rp.v29i1.53652
Seção
Dossiê Experiências de ensino de História na Educação de Jovens e Adultos (EJA)