Memória e narrativa no Projeto Integrado de Prática Educativa I (PIPE I) no segundo semestre de 2015 do curso de graduação em Teatro da Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

  • Vilma Campos Universidade Federal de Uberlândia.

Resumo

A experiência com alunos do curso de graduação em Teatro, relatada neste texto, tem como objetivo buscar alternativas diferenciadas de atuação dos licenciandos em Teatro em escolas básicas e comunidades. Tenho trabalhado com compartilhamentos de processos cênicos, compreendendo que apreciar o teatro é tão fundamental quanto aproveitar os momentos de aula, o que tem sido a forma mais convencional de atuação dos professores em formação por meio de estágios. Aqui são colocados em evidência os procedimentos de trabalho, partindo da particularidade de cada ingressante e, ao mesmo tempo, considerando o que é comum entre as memórias, juntando as narrativas. Durante o segundo semestre de 2015 foram feitas três apresentações; a primeira delas, em uma associação de moradores de bairro; a segunda, em uma escola estadual; a terceira, na própria universidade. Os temas levados pelos graduandos – escolha profissional, separação de pais, opção de sexualidade, quedas na infância, entre outros – aproximaram-se da jovem plateia. O exercício mostrou-se bastante potente, e ficou no grupo o desejo de dar continuidade à iniciativa, após o término da disciplina, por meio de um projeto de extensão que permita maior circulação de ideias e diálogo com outras escolas e comunidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vilma Campos, Universidade Federal de Uberlândia.
Professora do curso de graduação em Teatro e mestrado em Artes da Universidade Federal de Uberlândia, pós-doutoranda no Instituto de Artes da Unicamp, sob a supervisão de Suzi Frankl Sperber, bolsa PNPD/Capes.
Publicado
21-12-2016
Como Citar
Campos, V. (2016). Memória e narrativa no Projeto Integrado de Prática Educativa I (PIPE I) no segundo semestre de 2015 do curso de graduação em Teatro da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Revista Polyphonía, 27(2), 163-176. https://doi.org/10.5216/rp.v27i2.44722
Seção
Dossiê: O ensino de arte na escola: histórias, linguagens e metodologias