Impressões fugidias: as relações entre Goiânia, cultura e dança

  • Rejane Bonomi Schifino Secretaria de Educação, Cultura e Esporte do Estado de Goiás

Resumo

Com o objetivo de fornecer uma perspectiva diferenciada sobre como a dança adquiriu a presente projeção na vida cultural de Goiânia, foi realizada a leitura e análise de notícias publicadas sobre dança na imprensa goiana e goianiense entre os anos 1937 e 1969, de documentos que compõem o acervo particular de pessoas e estabelecimentos vinculados ao universo das danças teatrais de Goiânia e de representações historiográficas sobre Goiás publicadas a partir da década de 1970. Procurei demonstrar que o crescimento e a consolidação das danças teatrais aqui têm raízes na transformação do referencial de dança da sociedade local desde a fundação da cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rejane Bonomi Schifino, Secretaria de Educação, Cultura e Esporte do Estado de Goiás
Graduada em Dança pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), graduada e mestra em História pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Professora de dança da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte do Estado de Goiás, atua em escolas de Ensino Fundamental e Médio. Doutoranda em História pela UFG, com desenvolvimento de pesquisa em políticas públicas em dança no estado de Goiás.
Publicado
21-12-2016
Como Citar
Schifino, R. B. (2016). Impressões fugidias: as relações entre Goiânia, cultura e dança. Revista Polyphonía, 27(2), 131-148. https://doi.org/10.5216/rp.v27i2.44712
Seção
Dossiê: O ensino de arte na escola: histórias, linguagens e metodologias