Desafios do estágio curricular pré-profissional e algumas inovações presentes nas práticas dos estagiários, referidas pelos professores da Educação Básica

  • Margarete Schmoel Lichtenecker Professora de Educação Básica
  • Eduardo A. Terrazzan Universidade Federal de Santa Maria

Resumo

Esta pesquisa está inserida em um projeto maior – Dilemas e Perspectivas para a Inovação Educacional na Educação Básica e na Formação de Professores (Dipied) –, desenvolvido pelo Grupo de Estudos e Pesquisas Inovação Educacional, Práticas Escolares e Formação de Professores (Inovaeduc), sediado na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Centro de Educação (CE). Entre as temáticas que se propõe investigar, está a formação inicial de professores. Os sujeitos da pesquisa foram 33 professores atuantes em Escolas de Educação Básica (EEB) da cidade de Santa Maria-RS, do Sistema Escolar Público Estadual, que tiveram a experiência de acompanhar estagiários em suas salas de aula. Como instrumento para coleta das informações, foi utilizado um questionário estruturado com questões mistas. Neste trabalho, o objetivo é compreender como os estagiários são preparados para sua futura atuação profissional. Para isso, há questões norteadoras: quais inovações, em termos de prática docente, foram apresentadas pelos estagiários; quais delas os professores adotaram nas práticas realizadas na sala de aula; que atribuições são designadas ao Estágio Curricular Pré-Profisssional (ECPP) e o que as instituições envolvidas no estágio podem ou devem fazer para um desenvolvimento adequado do ECPP. A investigação demonstrou, por meio das respostas dadas pelos sujeitos, que as inovações nas práticas dos estagiários ainda são singelas, porém foram implementadas pelos professores. Os sujeitos consideram o momento da realização do ECPP muito importante para que o futuro professor conheça a realidade de sua profissão e salientam que há certo distanciamento das Instituições de Ensino Superior (IES) e EEB, no decorrer da realização dos ECPP.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Margarete Schmoel Lichtenecker, Professora de Educação Básica
Professora de Educação Básica, mestre em Educação.
Eduardo A. Terrazzan, Universidade Federal de Santa Maria
Doutor em Educação pela Universidade de São Paulo, professor associado do Centro de Educação da Universidade Federal de Santa Maria (Núcleo de Educação em Ciências e Programa de Pós- Graduação em Educação), bolsista PQ1D/CNPq.
Publicado
23-11-2011
Como Citar
Lichtenecker, M. S., & Terrazzan, E. A. (2011). Desafios do estágio curricular pré-profissional e algumas inovações presentes nas práticas dos estagiários, referidas pelos professores da Educação Básica. Revista Polyphonía, 21(1), 56. https://doi.org/10.5216/rp.v21i1.16282
Seção
Artigos