A real necessidade do uso de animais não humanos in vivo em aulas práticas

  • Tais Lazzari Konflanz
  • Neusa Maria John Scheid
  • Rozelaine Fátima Franzin

Resumo

O uso de animais auxilia na capacitação de estudantes há muito tempo, por meio da realização de práticas e demonstrações. Porém, esse uso apresenta agravantes que podem dificultar a aprendizagem, ao invés de contribuir com a mesma. Nesse artigo, apresenta-se uma pesquisa que pretendeu questionar a real necessidade de se utilizar animais não humanos in vivo em aulas práticas, considerando possibilidades metodológicas alternativas ao uso de animais que possam gerar o mesmo conhecimento sobre o assunto a ser estudado, como é o caso do uso de softwares. Para responder à problemática de pesquisa, investigou-se durante o primeiro semestre de 2013, por meio de um questionário impresso, como graduandos de cursos das Áreas das Ciências Biológicas e da Saúde de quatro universidades das regiões do Alto Uruguai e das Missões do Estado do Rio Grande do Sul avaliam o uso de espécimes in vivo em aulas práticas durante a sua formação acadêmica. A metodologia utilizada para a realização dessa pesquisa caracteriza-se como de abordagem quanti-qualitativa. Os resultados demonstraram que a maioria dos graduandos participantes da pesquisa concorda com a utilização de animais in vivo como material didático em aulas práticas, pois acredita ser a metodologia de melhor qualidade no quesito aprendizagem, porém, igualmente, concorda com a utilização de metodologias alternativas a tal uso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tais Lazzari Konflanz
Programa de Pós-Graduação em Ensino Científico e Tecnológico da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai.
Neusa Maria John Scheid
Programa de Pós-Graduação em Ensino Científico e Tecnológico da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai.
Rozelaine Fátima Franzin
Programa de Pós-Graduação em Ensino Científico e Tecnológico da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai.
Publicado
26-10-2015
Como Citar
Konflanz, T. L., Scheid, N. M. J., & Franzin, R. F. (2015). A real necessidade do uso de animais não humanos in vivo em aulas práticas. Revista Polyphonía, 26(2), 99-114. https://doi.org/10.5216/rp.v26i2.38304