Formação colaborativa, fundamentos de defectologia e inclusão escolar

  • Andréa Hayasaki Vieira Professora da Secretaria Municipal de Educação de Goiânia.
  • Deise Nanci de Castro Mesquita Cepae/UFG

Resumo

Este relato de experiência apresenta e discute o curso de formação permanente, na modalidade semipresencial, “Inclusão e Letramento”, que vem sendo oferecido a professores de Atendimento Educacional Especializado (AEE), da Secretaria Municipal de Goiânia, como parte da pesquisa desenvolvida no Mestrado Profissional em Ensino na Educação Básica (PPGEEB/CEPAE/UFG). O problema central da investigação é identificar uma estrutura de curso que privilegie a formação desses e, consequentemente, de outros profissionais que atuam na educação inclusiva, não apenas de forma teórica, mas também prática, a fim de que, colaborativamente, possam potencializar o desenvolvimento cognitivo dos alunos de educação especial, em suas salas de multirecursos. Segundo orientação do MEC (2008), o atendimento educacional especializado deve ter como função identificar, elaborar e organizar recursos pedagógicos e de acessibilidade que eliminem as barreiras para a plena participação dos alunos, considerando suas necessidades específicas. Para tanto, esse curso piloto foi pensado segundo os Fundamentos da Defectologia de Vygotsky (1995), quando sustenta que os sujeitos limitados por deficiências não são menos capazes, mas apenas se organizam cognitivamente de formas diferentes, e que, em sendo assim, suas peculiaridades devem ser identificadas e explicadas, a fim de que os ciclos e as metamorfoses de seus desenvolvimentos possam lançar luz às formas práticas de o educador planejar e executar o ensino escolar de todos os aprendizes. A título de exemplo, serão explicitados os fundamentos que regem algumas atividades preparadas com recursos midiáticos, que foram desenvolvidas e socializadas pelos professores de AEE na Plataforma Moodle do site www.cepae.ufg, durante os três primeiros meses do curso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andréa Hayasaki Vieira, Professora da Secretaria Municipal de Educação de Goiânia.
Professora da Secretaria Municipal de Educação de Goiânia. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino na Educação Básica CEPAE/UFG.
Deise Nanci de Castro Mesquita, Cepae/UFG
Docente do Programa de Pós-Graduação em Ensino na Educação Básica do CEPAE/UFG.
Publicado
13-10-2015
Como Citar
Vieira, A. H., & Mesquita, D. N. de C. (2015). Formação colaborativa, fundamentos de defectologia e inclusão escolar. Revista Polyphonía, 26(1), 323-330. Recuperado de https://www.revistas.ufg.br/sv/article/view/38037