A leitura colaborativa no ensino de espanhol: promovendo uma aprendizagem significativa crítica

  • Rosana Beatriz Sellanes Garrasini Cepae/UFG
  • Newton Freire Murce Filho Cepae/UFG
  • Silvana Matias Freitas Cepae/UFG

Resumo

Este trabalho apresenta os resultados de uma pesquisa desenvolvida com os alunos do terceiro ano do EM de uma escola pública Federal, no ano de 2014. Sou professora de Espanhol e atuo na Educação Básica há 8 anos. Como docente percebi as dificuldades no momento de optar pela utilização de um material didático que norteie o processo de ensino-aprendizagem da língua e considere as necessidades educacionais dos alunos, como por exemplo, o domínio da compreensão leitora na Língua Estrangeira (LE). No intuito de atender às necessidades dos alunos e de incentivar a construção do conhecimento, propus a Atividade de Leitura Colaborativa (ALC). Esta atividade busca promover uma Aprendizagem Significativa Crítica (ASC) do conhecimento, ou seja, que considere os conhecimentos prévios, o contexto sociocultural e dê suporte aos alunos para analisar e agir em diferentes situações, adquirindo uma postura mais ativa e consciente. O marco teórico do trabalho destaca os construtos de Ausubel (1963, 1968), Vygotsky (1998) e Moreira (2005, 2011). O objetivo principal foi analisar todo o processo e constatar os efeitos da ALC para uma ASC do conhecimento e para o aperfeiçoamento da compreensão leitora na Língua Espanhola, além de destacar as percepções dos participantes sobre a proposta e as contribuições da ALC para a Educação Básica e o ensino-aprendizagem de LE. Os instrumentos utilizados na coleta de dados foram: questionários, entrevistas, produções dos alunos e o diário de campo da professora de Espanhol do grupo. Os resultados obtidos demonstram que a ALC aprimorou a compreensão leitora na língua, possibilitou a interação e a colaboração entre os participantes, aproximou os alunos à realidade sociocultural de outros países, permitiu o desenvolvimento do pensamento metacognitivo, da criticidade e de uma participação mais ativa no processo de aprendizagem, portanto, uma ASC do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosana Beatriz Sellanes Garrasini, Cepae/UFG
Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino na Educação Básica do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação da Universidade Federal de Goiás.
Newton Freire Murce Filho, Cepae/UFG
Professor do Programa de Pós-Graduação em Ensino na Educação Básica do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação da Universidade Federal de Goiás.
Silvana Matias Freitas, Cepae/UFG
Professora do Programa de Pós-Graduação em Ensino na Educação Básica do Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada à Educação da Universidade Federal de Goiás.
Publicado
09-10-2015
Como Citar
Garrasini, R. B. S., Murce Filho, N. F., & Freitas, S. M. (2015). A leitura colaborativa no ensino de espanhol: promovendo uma aprendizagem significativa crítica. Revista Polyphonía, 26(1), 23-38. https://doi.org/10.5216/rp.v26i1.37975