Desconstruindo as “verdades absolutas”: a importância da elaboração e reelaboração do conhecimento na Educação Infantil

  • Ana Cecília Soares Carvalho Mestrando no Programa de Sociologia da Universidade Federal de Goiás.
  • Rafaela de Morais Ramos Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Ensino na Educação Básica do Cepae/UFG.

Resumo

Este artigo é o resultado de um projeto elaborado em 2013 pelas professoras Ana Cecília S. Carvalho e Rafaela M. Ramos, no Cepae, unidade de Educação Infantil da UFG. O projeto, intitulado Curiosidades: você sabia?, foi desenvolvido com crianças de quatro a cinco anos. No decorrer do projeto, foi possível perceber o quanto os conhecimentos prévios elaborados pelas crianças em seu contexto social-familiar são tratados por elas como “verdades absolutas”. Mostraremos neste artigo qual foi e como se efetivou a realização deste estudo e, por essa via, discutiremos concepções sobre a importância da desconstrução das chamadas verdades absolutas para a reelaboração de novos conhecimentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
08-10-2015
Como Citar
Carvalho, A. C. S., & Ramos, R. de M. (2015). Desconstruindo as “verdades absolutas”: a importância da elaboração e reelaboração do conhecimento na Educação Infantil. Revista Polyphonía, 24(2), 177-185. https://doi.org/10.5216/rp.v24i2.37949