Entre silêncios e representações: história e cultura indígena no ambiente escolar

  • Maria Geralda de Almeida Moreira Universidade Estadual de Goiás (UEG)

Resumo

O presente texto apresenta os resultados parciais do projeto de pesquisa Identidades em Construção: o ensino de História e Cultura Indígena nas Escolas, em desenvolvimento na Universidade Estadual de Goiás – Unidade de Iporá. O projeto visa identificar e analisar as representações que os alunos de 6º e 9º anos constroem sobre os Indígenas e quais (qual) são as influências da escola e dos materiais didáticos, neste caso, do livro didático, sobre o desenvolvimento da consciência histórica dos alunos. Por meio da análise das referências bibliográficas e da pesquisa de campo com base em uma abordagem metodológica qualitativa, observamos que os elementos da cultura material, já consagrados pela literatura e pela historiografia brasileiras permanecem nas narrativas dos sujeitos da pesquisa como definidores da cultura e da identidade dos Indígenas, o que demonstra que as novas abordagens da história e da(s) cultura(s) dos Grupos Indígenas não logram ultrapassar os muros da academia e os ciclos de pesquisadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Geralda de Almeida Moreira, Universidade Estadual de Goiás (UEG)
Mestre em História pela Universidade Federal de Goiás. Professora da Universidade Estadual de Goiás (UEG) – Unidade Universitária de Iporá. Coordenadora de área do subprojeto do Programa Institucional de Bolsas de Incentivo à Docência (PIBID/CAPES) de História da UEG de Iporá.
Publicado
24-02-2015
Como Citar
Moreira, M. G. de A. (2015). Entre silêncios e representações: história e cultura indígena no ambiente escolar. Revista Polyphonía, 24(1), 175-188. https://doi.org/10.5216/rp.v24i1.34131