Livros didáticos brasileiros e as abordagens da História colonial: problemas e possibilidades na reflexão sobre a cidadania

  • Luiz Guilherme Scaldaferri Moreira
  • Marcello José Gomes Loureiro Mestrando do Programa de Pós-Graduação em História Social da UFRJ

Resumo

Após estabelecer reflexões acerca do ensino de História, pretendemos neste artigo, primeiro, apresentar criticamente a noção de cidadania constante nos principais livros didáticos do Ensino Fundamental, decorrente da utilização da Teoria da Dependência na interpretação da economia colonial. Em segundo lugar, demonstrar como a compreensão de João Fragoso e de Manolo Florentino acerca da sociedade colonial pode permitir a construção de uma noção de cidadania mais refinada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Guilherme Scaldaferri Moreira
Técnica em Assuntos Educacionais do Setor de Apoio à Ação Pedagógica do Cepae/UFG
Publicado
11-05-2010
Como Citar
Moreira, L. G. S., & Loureiro, M. J. G. (2010). Livros didáticos brasileiros e as abordagens da História colonial: problemas e possibilidades na reflexão sobre a cidadania. Revista Polyphonía, 20(2), 232. https://doi.org/10.5216/rp.v20i2.9865
Seção
Artigos