Literatura na escola: prática de interpretação?

  • Maria de Fátima Cruvinel

Resumo

O objetivo deste trabalho é refl etir, a partir da observação de uma experiência escolar, sobre a relação do aluno-leitor com o texto literário mediada pela escola. Considerando certa incompatibilidade entre os discursos literário e pedagógico, a pretensão é avaliar se os jovens alunos alcançam a interpretação, mesmo se a prática leitora é determinada e controlada por um mecanismo de avaliação e seleção como o processo seletivo vestibular. Além do entrecruzamento dos discursos literário e pedagógico, entra na trama um terceiro discurso, o histórico, uma vez que o texto lido, o romance Pão cozido debaixo de brasa, é construído com base em um fato verídico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria de Fátima Cruvinel
Técnica em Assuntos Educacionais do Setor de Apoio à Ação Pedagógica do Cepae/UFG
Publicado
07-05-2009
Como Citar
Cruvinel, M. de F. (2009). Literatura na escola: prática de interpretação?. Revista Polyphonía, 17(2), 144. https://doi.org/10.5216/rp.v17i2.6178
Seção
Artigos