O MAPA HIPSOMÉTRICO NO ESTUDO DOS CONTINENTES

Palavras-chave: altimetria, mapas, ensino de Geografia

Resumo

Nesse texto são apresentadas reflexões sobre a Semiologia Gráfica por meio de mapas altimétricos que formam a base de estudo dos seis (6) continentes, (África, Ásia, Europa, Oceania, América e Antártica), e com base nelas são indicadas atividades que foram elaboradas especificamente para cada um deles. Tanto podem ser trabalhos didáticos por meio de gráficos, por meio de croquis ou, como sugerido, de maquetes. Os mapas-base apresentam altimetria num intervalo aproximado de cotas de 1000 metros e a maior delas apresenta 4000 metros de altitude. Foi utilizada somente a cota-mestra, cujo número pode variar conforme os aspectos didáticos considerados e para seguir um número mais ou menos idêntico para todas as bases. A variável cor segue o padrão de significado da altimetria, na linguagem gráfica, bem como da área representada. A opção foi por trabalhar com a variação de quatro (4) cores para a altimetria, mais a quinta, a cor preta, para a delimitação política dos continentes, no que Jacques Bertin propôs em 1980, por meio da Semiologia Gráfica, numa orientação direcionada aos pesquisado­res e aos usuários de mapas e de gráficos. Também foram considerados os atributos da Teoria da Atividade, de Alexei Leontiev em 1983 e de Vasyli Davydov em 1998. Os resultados apresentados, em modo mapa base, destacam a possibilidade da construção de maquetes altimétricas, dos continentes, como possibilidade metodológia de ensino de Geografia com diversos conteúdos, um modo de ensinar Geografia por meio dos mapas hipsométricos. Isto denota considerar o espaço representado nas suas significações.

Biografia do Autor

Mafalda Nesi Francischett, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Paraná, Brasil

Graduação em Geografia (Licenciatura e Bacharelado) pela Faculdade de Ciências e Letras de Francisco Beltrão (1990). Mestrado em Educação pela Universidade Centro Oeste do PR e Universidade de Campinas (1997). Doutorado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001). Pesquisadora colaboradora da Universidade Estadual de Campinas no ano de 2008. Pós-doutorado em Geografia pela Unicamp no ano de 2009. Professora Associada da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Experiência na pesquisa, ensino e extensão em Geografia, com ênfase em: Ensino de Geografia, Educação Ambiental, Cartografia Escolar, Livro Didático, educação tecnológica, com principais temáticas voltadas para: representação-linguagem-ensino.

Endereço: Avenida Luiz Antônio Faedo, 761, Ed. Curitiba, Ap 401, Centro. CEP: 85601-275 - Francisco Beltrão/PR-Brasil

 E-mail: mafalda@wln.com.br

Ana Claudia Biz, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Paraná, Brasil

Doutoranda em Geografia pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia da UNIOESTE - FB. Possui graduação em Geografia pela UNIOESTE (2012) e Mestrado em Geografia pela UNIOESTE (2015). Tem experiência na área de Geografia, com

ênfase em Ensino de Geografia e Cartografia Escolar, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de Geografia; ensino superior; pesquisa e cartografia escolar.

Endereço: Rua São Mateus, 1718, B. São Cristóvão. CEP: 85601-720 - Francisco Beltrão/PR-Brasil

E-mail: anacbiz@gmail.com

Publicado
25-03-2020
Edição
Seção
Artigos