AS PESQUISAS EM ENSINO DE GEOGRAFIA NO BRASIL: PARA ONDE DEVEMOS IR?

Autores

Palavras-chave:

ensino de Geografia, experiência, resolução de problemas, ensino por investigação

Resumo

Este artigo tem o intuito de suscitar reflexão sobre o conhecimento produzido na área de ensino de Geografia no Brasil e, ao mesmo tempo, questionar em que medida estas produções possuem um efeito ‘exógeno’, ou seja, que contribuam também para gerar mudanças de concepções por parte daqueles que investigam outros campos da ciência geográfica. Ressaltamos a necessidade de publicarmos os nossos estudos tendo por base um conhecimento profundo e indicar, a partir das pesquisas realizadas em base de dados, quais caminhos podem ser apresentados que permitem pensar em uma conexão entre os princípios filosóficos do ensino, da Geografia e as ações derivadas dessa relação. A pesquisa realizada partiu da base de dados ERIC (Education Resources Information Center) e apresentamos as tendências apontadas pelas produções nos últimos 8 anos.

Biografia do Autor

Jerusa Vilhena de Moraes, Universidade Federal de São Paulo

Professora Adjunta 4 do Departamento de Educação da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH) da UNIFESP. Vice- coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UNIFESP. Tem realizado pesquisa na área de ensino e aprendizagem tendo como linha de investigação a resolução de problemas, a alfabetização científica em sala de aula, as metodologias de ensino e a educação geográfica. Integra a Rede Latino Americana de Didática em Geografia (RedladGeo). Doutora em Educação pela FE-USP e Mestre em Geografia Humana pela FFLCH- USP; Bacharelado e Licenciatura em Geografia na USP.

Endereço Profissional: Estrada do Caminho Velho. Bairro dos Pimentas. Guarulhos. CEP: 07252312. Brasil.

E-mail: jevilhena@yahoo.com.br

Downloads

Publicado

06-06-2019

Edição

Seção

Artigos