A variação da lateral pós-vocálica <l> na escrita de alunos: a posição da sílaba e a vogal precedente

Autores

  • Laiane Thaís de Oliveira Silva Colégio Super Aprovado (CSA), Riachão do Jacuípe, Brasil. E-mail: anneoliveiralk@hotmail.com https://orcid.org/0000-0002-9615-9766
  • Josane Moreira de Oliveira Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) / Universidade Federal da Bahia (UFBA), Feira de Santana / Salvador, Brasil E-mail: josanemoreira@hotmail.com https://orcid.org/0000-0002-9661-1804

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v33.67738

Palavras-chave:

Lateral pós-vocálica <l>, Sociolinguística, Escrita escolar

Resumo

Analisa-se a variação da escrita da lateral pós-vocálica por alunos do 3º e do 5º anos de duas escolas de Riachão do Jacuípe-BA. Foram documentadas as variantes e , o rótico , o apagamento e a manutenção do . São analisadas, de acordo com os pressupostos teórico-metodológicos da Sociolinguística Variacionista, duas variáveis que influenciam a representação escrita dessa consoante: a posição da sílaba e a vogal precedente. Os resultados atestam que alunos em processo de aquisição da escrita, por não dominarem completamente as normas ortográficas, transpõem a fala para a escrita.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BORTONI-RICARDO, Stella Maris. Educação em língua materna: a sociolinguística na sala de aula. São Paulo: Parábola Editorial, 2004.
BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: língua portuguesa. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Fundamental, 1997.
COELHO, Izete Lehmkuhl et al. Para conhecer sociolinguística. São Paulo: Contexto, 2015.
CYRANKA, Lúcia. Avaliação das variantes: atitudes e crenças em sala de aula. In: MARTINS, Marco Antônio et al. (orgs.). Ensino de português e sociolinguística. São Paulo: Contexto, 2014, p. 133-155.
LABOV, William. Language in the Inner City: studies in the Black English vernacular. Pennsylvania: University of Pennsylvania Press, 1972.
LABOV, William. Padrões sociolinguísticos. Trad. de Marcos Bagno, Maria Marta Pereira Scherre e Caroline Rodrigues Cardoso. São Paulo: Parábola Editorial, 2008 [1972].
SILVA, Thaïs Crristófaro. Fonética e fonologia do português: roteiro de estudos e guia de exercícios. 4ª ed. São Paulo: Contexto, 2001.
SILVA, Laiane Thaís de Oliveira. A variação da lateral pós-vocálica <l> na escrita de alunos do 3º e do 5º anos do Ensino Fundamental. 2020. 145f. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos) – Universidade Estadual de Feira de Santana, 2020.
TASCA, Maria. A presença da variação do segmento lateral na escrita das séries iniciais. In: GÖRSKI, Edair Maria & COELHO, Izete Lehmkuhl (orgs.). Sociolinguística e ensino: contribuições para a formação do professor de língua. Florianópolis: UFSC, 2006. p. 185-207.
SANKOFF, David et al. GoldVarb X – a multivariate analysis application. Toronto: Department of Linguistics; Ottawa: Department of Mathematics, 2005.
WEINREICH, Uriel et al. Fundamentos empíricos para uma teoria da mudança linguística. Trad. de Marcos Bagno. São Paulo: Parábola Editorial, 2006 [1968].

Downloads

Publicado

01-11-2021

Como Citar

Silva, L. T. de O. ., & Oliveira, J. M. de. (2021). A variação da lateral pós-vocálica &lt;l&gt; na escrita de alunos: a posição da sílaba e a vogal precedente. Signótica, 33. https://doi.org/10.5216/sig.v33.67738

Edição

Seção

Estudos Linguísticos